Feeds:
Posts
Comentários


osvaldão2

Pouco se sabe hoje em dia sobre a ditadura militar, nossa história não é contada como realmente aconteceu para a população em geral. Os poucos heróis que possuímos, não são conhecidos pela maioria, os que lutaram para democratizar o país. Músicos, cineastas, jornalistas e qualquer pessoa comum que fosse suspeito de conspiração contra o governo, era perseguido e torturado.

Hoje podemos ir aonde quisermos, podemos falar qualquer coisa, seja na TV, na rua, nas redes sociais ou até mesmo em um simples blog.

Houve um tempo que não existia  liberdade, e vários heróis quase anônimos lutaram para o Brasil se tornar o que é hoje. Muitos foram mortos, torturados ou exilados, outros se revoltaram e se tornaram guerrilheiros.

araguaia2

Forças Armadas na Guerrilha do Araguaia

A ditadura militar foi um mal terrível, foi uma das piores coisas que aconteceram no país, a ponto de um dos heróis ser fuzilado, decapitado como Tiradentes, mas isso em pleno 1974, há apenas 40 anos atrás, no que foi conhecido como Guerrilha do Araguaia, e o herói pouco conhecido em questão foi Osvaldo Orlando da Costa, o Osvaldão(1938 – 1974).

Antes da história deste herói quase anônimo, vamos contar o que foi a Guerrilha do Araguaia.

A Guerrilha do Araguaia

A Guerrilha do Araguaia foi um movimento guerrilheiro existente na região amazônica brasileira, ao longo do rio Araguaia, entre fins da década de 1960 e a primeira metade da década de 1970. Criada peloPartido Comunista do Brasil (PCdoB), tinha por objetivo fomentar uma revolução socialista, a ser iniciada no campo, baseada nas experiências vitoriosas da Revolução Cubana e da Revolução Chinesa.

araguaia3

José Genuíno participou na época, ainda tinha ideais, agora…

Combatida pelas Forças Armadas a partir de 1972, quando vários de seus integrantes já haviam se estabelecido na região há pelo menos seis anos, o palco das operações de combate entre a guerrilha e os militares se deu onde os estados de Goiás, Pará e Maranhão faziam divisa. Seu nome vem do fato de se localizar às margens do rio Araguaia, próximo às cidades de São Geraldo do Araguaia e Marabá no Pará e de Xambioá, no norte de Goiás (região onde atualmente é o norte do estado de Tocantins, também denominada como Bico do Papagaio).

Estima-se que o movimento que pretendia derrubar o governo militar, tomar o poder fomentando um levante da população, primeiro rural e depois urbana, e instalar um governo comunista no Brasil como havia sido feito em Cuba e na China.

Era composto por cerca de oitenta guerrilheiros sendo que, destes, menos de vinte sobreviveram, entre eles, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), José Genoíno, que foi detido pelo Exército em 1972, ainda na primeira fase das operações militares. A grande maioria dos combatentes, formada principalmente por ex-estudantes universitários e profissionais liberais, foi morta em combate na selva ou executada após sua prisão pelos militares, durante as operações finais, em 1973 e 1974.  Mais de cinquenta deles são considerados ainda hoje como desaparecidos políticos.

araguaia11

Um dos últimos jantares dos guerrilheiros

Desconhecida do restante do país à época em que ocorreu, protegida por uma cortina de silêncio e censura a que o movimento e as operações militares contra ela foram submetidos, os detalhes sobre a guerrilha só começaram a aparecer cerca de vinte anos após sua extinção pelas Forças Armadas, já no período de redemocratização.

O Guerrilheiro Osvaldão (Osvaldo Orlando da Costa)

osvaldão3

Osvaldão foi militar antes de guerrilheiro

Filiação: Rita Orlando dos Santos e José Orlando da Costa

Data e local de nascimento: 27/04/1938, Passa Quatro (MG)

Organização política ou atividade: PCdoB

Data do desaparecimento: entre janeiro e abril de 1974

Mineiro de Passa Quatro, Osvaldão, como era conhecido, foi o primeiro quadro do PCdoB a chegar ao Araguaia, entre 1966 e 1967. Negro, 1,98m de altura, forte, era tido como generoso e corajoso, sendo muito respeitado pelos moradores e por seus companheiros. Carismático e temido pelos militares, foi um grande mito da guerrilha entre a população da região, ao lado de Dina.

Entre 1952 e 1954 morou na cidade de São Paulo, onde fez o curso Industrial Básico de Cerâmica na Escola Técnica. Mudou-se para o Rio de Janeiro e se formou na Escola Técnica Federal, como Técnico de Construção de Máquinas e Motores, em 1958. Como atleta, vinculou-se ao Botafogo Futebol e Regatas, onde foi campeão carioca de boxe. Tornou-se oficial da reserva do Exército, após servir no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva – CPOR do Rio de Janeiro.

Viajou para a antiga Tchecoslováquia (atual República Tcheca), onde cursou até o 3º ano de Engenharia de Minas, em Praga. Em sua homenagem, o escritor tcheco Cytrian Ekwensi escreveu, em 1962, o livro O homem que parou a cidade (“Lidé  z  mesta”)..  O guerrilheiro só contou esse segredo, em 1963, à sua irmã Irene Orlando, que recebeu, com uma dedicatória, um exemplar do livro. Por sua militância política, foi obrigado a viver na clandestinidade logo depois de abril de 1964, quando já militava no PCdoB.

o-OSWALDAO-facebook

Quando chegou ao Araguaia entrou na mata como garimpeiro e mariscador, tornando-se o maior conhecedor da área entre os militantes do PCdoB ali instalados. No ano de 1969, fixou residência numa posse que adquiriu às margens do Rio Gameleira. Sobre Osvaldão surgiram inúmeras lendas. Sobre sua bondade, sua força, sua coragem e também sobre sua pontaria. Foi comandante do Destacamento B, onde participou com êxito de vários combates. Foi, ao lado de Dina, o mais conhecido dos militantes do PCdoB entre a população do Araguaia.

Estava no acampamento da Comissão Militar quando ocorreu o ataque das Forças Armadas no dia de Natal de 1973, conseguindo escapar. Segundo depoimentos de moradores da região, foi morto em abril de 1974, próximo à Semana Santa, perto de São Domingos. Seu corpo foi dependurado por cordas em um helicóptero que o levou de Saranzal, local onde foi morto, até o acampamento militar de Bacaba e de lá para Xambioá. Na primeira vez em que o cadáver foi içado pelo helicóptero, caiu e fraturou ossos da perna. Posteriormente, sua cabeça foi decepada e exposta em público. Na base militar de Xambioá, seu cadáver foi violado por chutes, pedradas e pauladas dadas pelos militares, sendo finalmente queimado e jogado no buraco conhecido como “Vietnã” (vala situada ao final da pista de pouso da Base Militar de Xambioá), onde eram lançados os mortos e moribundos. Com o término das operações militares, foi feita uma grande terraplanagem para descaracterizar o local.

José Rufino Pinheiro, que durante 6 meses e 16 dias ajudou o Exército na mata, entre 1973 e 1974, afirma ter presenciado a morte de Osvaldão, quando guiava um batalhão com 32 soldados. Segundo declaração prestada por ele, em 05/07/2001, ao Ministério Público Federal em São Domingos do Araguaia, Osvaldão foi morto na capoeira do Pedro Loca, junto da Palestina, por volta de 4 horas da tarde, por Arlindo Piauí, que era guia formado (homem de confiança do Exército). José Rufino conta que Osvaldão, muito magro e com fome, estava de costas, comendo macaxeira sentado num tronco caído, quando foi alvejado. Segundo o guia, ele foi atingido com um tiro só, de uma cartucheira 12, e o corpo foi levado pelo Exército para Xambioá, sendo um dos últimos guerrilheiros a ser morto.

Os relatórios militares trazem datas diferentes das relatadas pelos moradores da região, unânimes na afirmação de que Osvaldão foi morto em abril de 1974. O Relatório do Ministério do Exército, de 1993, aponta como data da morte 07/02/1974, informando ainda que Osvaldão teria realizado curso de guerrilha na Escola Militar de Pequim e que seria responsável pela execução de Pedro Ferreira da Silva, apontado como guerrilheiro, mas na verdade um grileiro de terras e informante das forças de repressão. O Relatório da Marinha, também de 1993, indica 02/01/1974 como data de sua morte. Hugo Studart, em A Lei da Selva, informa que o Dossiê Araguaia registra a morte em abril de 1974, o que coincide com dezenas de depoimentos colhidos entre moradores locais. Studart acrescenta, ainda, que seu corpo foi enterrado no cemitério de Xambioá, mas no ano seguinte foi exumado e levado para ser queimado na Serra das Andorinhas.

dina

 Dina foi uma das guerrilheiras desaparecidas

O livro de Taís Morais e Eumano Silva, “Operação Araguaia”, discorre sobre suas atividades e sua morte: “Dava especial atenção ao treinamento militar e mostrava-se crítico com o despreparo dos companheiros. Matou um militar em encontro casual na mata e participou da execução de um morador. Tornou-se lenda na área da guerrilha. No imaginário da população, Osvaldão adquiriu fama de imortal. Os soldados inexperientes tremiam de pavor quando ouviam histórias sobre o gigante invencível. Os agentes secretos caçavam o comandante negro e ofereciam recompensa para quem informasse seu paradeiro. O mateiro Arlindo Piauí viu Osvaldão sentado na mata e, antes de qualquer reação do guerrilheiro, atirou e matou o mais famoso dos comunistas do Araguaia. A Marinha registra a morte em 7/2/74. O corpo foi içado pelo helicóptero e mostrado em toda a região antes de ser levado para a Base de Xambioá”.

Documentário sobre a Guerrilha do Araguaia – Parte 1:

Video que comenta sobre a condenação do Brasil pela Corte Interamericana em 2013  a investigar a batalha e o desaparecimento de vários guerrilheiros na Guerrilha do Araguaia:

 

brasil-alemanha-reuters(1)

Muita coisa precisa mudar, mas nunca neste país, mesmo em época de ditadura, precisamos usar de um método sujo e totalmente anti-desportivo para vencer uma Copa do Mundo como os “Los Hermanos” em 1978.

Acredito, se o Brasil estivesse usado de um método de fora de campo para ganhar um Copa do Mundo dentro de casa, a vergonha seria maior e nossa história no futebol estaria manchada.

Perder faz parte do resultado, perder como o Brasil, é evidente que é uma vergonha, a história do Brasil no futebol é muito rica, é quase sem igual, o Brasil, em sua história, tem o maior jogador de todos os tempos. O Brasil tem 5 estrelas no peito não é a tôa, não é dado, foi conquistado com luta e muito talento e muita inteligência, não foi preciso usar as mãos e nem um governo ditatorial para ganhar uma Copa, como os argentinos.

argentina-peru

Aliás, quem acirrou ainda mais esta rivalidade foram os Hermanos, que provocaram como se chegassem a altura da nossa história no futebol, só o Rei Pelé possui 3 títulos, já eles…

O nosso futebol está nas mãos de quem não merece tomar conta de um carrinho de lanche na praia, porque com certeza, o molho iria ser vencido e o cliente iriam reclamar de mal atendimento.

Dizem que precisamos de um técnico estrangeiro, que precisamos de melhores jogadores, que precisamos de um técnico que entenda de futebol atual, mas quando só temos um dirigente do tempo que  D. Pedro I era príncipe regente, com mentalidade atrasada e que aluga o Brasil para jogar em qualquer lugar menos no Brasil, isso nunca vai acontecer.

Os lucros da CBF são imensos, os patrocinadores financeiramente estão satisfeitos e os dirigentes do principal esporte do país também. A CBF faturou e muito nesta Copa, não importa o resultado, e o que o garoto que está começando no futebol recebe? Quase nada, não tem investimento nenhum no desenvolvimento do futebol.

Agora dizem que o Brasil deve imitar o modelo alemão, mas a própria imprensa detonaria este modelo. Um exemplo: o técnico alemão perdeu 2 Copas, uma delas em casa, não tinha nenhuma experiência em seleções quando começou e não foi um jogador de grande destaque, 10 anos depois de assumir conduziu a seleção de seu país a ganhar a Copa 2014, será que a imprensa e a população brasileira teria a paciência de esperar tanto tempo para ganhar uma Copa com o mesmo treinador? Acredite quem quiser.

Alemanha-Copa-Do-Mundo-2014

 Alemanha campeã do mundo 2014

A Copa do Mundo foi fantástica, mas perdemos e perdemos feio, mas não percamos a honra, um sujeito honrado não se vende e não tenta corromper ninguém.

voz

A voz humana consiste no som produzido pelo ser humano usando suas cordas vocais para falar, cantar, gargalhar, chorar, gritar, etc. Sua frequência varia entre 50 e 3400 Hz. De modo geral, o mecanismo para gerar a voz humana pode ser subdividido em três partes: os pulmões, as pregas vocais dentro da laringe e os articuladores – lábios, língua, dentes, palato duro, véu palatar e mandíbula.

O pulmão produz um fluxo de ar, que funciona como um combustível para a voz, que é expulso pelo diafragma e passa para as pregas vocais, que vibram e transformam esse ar em pulsos sonoros, formadores da fonte de som da laríngeo.

Os músculos da laringe ajustam a duração e a tensão das pregas vocais para adequar a altura e o tom. Os articuladores articulam e filtram o som emanado pela laringe e até certo ponto podem interagir com o fluxo de ar para fortalecê-lo ou enfraquecê-lo como a fonte do som.

Como as demais partes do corpo, a voz também envelhece. Este envelhecimento é provocado pela ação natural do desenvolvimento do organismo onde há o engrossamento das cordas vocais, a redução de movimentos das articulações, alterações hormonais e emocionais, maus hábitos, calcificação das cartilagens, atrofia da musculatura laríngea e a perda da capacidade pulmonar.

O período de melhor desempenho vocal está entre os 25 e os 40 anos de idade, mas pode haver exceções quando se possui boa saúde física e psicológica, além de fatores genéticos, sociais, ambientais e raciais.

As alterações vocais também podem variar de acordo com o sexo. Pessoas do sexo masculino tendem a iniciar o processo de alteração vocal por volta dos 30 anos de idade, enquanto pessoas do sexo feminino semente iniciam este processo por volta dos 50, quando ocorrem alterações no organismo decorrentes à menopausa.

top100

O jornal The Guardian divulgou uma lista com os 100 melhores jogadores de todas as Copas do Mundo. Com Pelé na primeira colocação, o jornal elegeu 22 jogadores brasileiros entre os 100 maiores da história de todas as Copas.

Para a eleição, o jornal contou com 40 juízes entre ex-jogadores e jornalistas. São seis ex-jogadores, com o alemão Lothar Matthäus e o brasileiro Zico entre eles. Dentre os jornalistas, foram escolhidos correspondentes do jornal inglês pelo mundo, como o brasileiro Fernando Duarte, e especialistas de outros meios.
Além de Pelé, na primeira colocação, o Brasil ainda teve Ronaldo em 4°, Garrincha em 9° e Jairzinho em 13°. Maradona, Beckenbauer e Zidane completaramo top-5 da lista.
Dentre os 20 primeiros, apenas Cruyff, Platini, Eusébio, Maldini e Fontaine não conquistaram uma Copa do Mundo, mas se destacaram por outros motivos.

Algumas colocações podem ser bem contestadas, como Tostão pode estar atrás de Messi e Cristiano Ronaldo? Garrincha não pode ficar atrás de Cruyff, mas os brasileiros são a maioria entre tantas nacionalidades.

Pelé_1960

Lista Completa:

1 Pelé; 2 Maradona; 3 Beckenbauer; 4 Ronaldo; 5 Zidane; 6 Cruyff; 7 Matthäus; 8 Müller; 9 Garrincha; 10 Platini; 11 Eusébio; 12 Paolo Maldini; 13 Jairzinho; 14 Bobby Charlton; 15 Xavi; 16 Romário; 17 Just Fontaine; 18 Paolo Rossi; 19 Dino Zoff; 20 Bobby Moore; 21 Puskas; 22 Zico; 23 Ronaldinho; 24 Roberto Baggio; 25 Cafu; 26 Cannavaro; 27 Rivaldo; 28 Zagallo; 29 Johan Neeskens; 30 Lev Yashin; 31 Mario Kempes; 32 Rivelino; 33 Cristiano Ronaldo; 34 Carlos Alberto Torres; 35 Roberto Carlos; 36 Roger Milla; 37 Paul Breitner; 38 Thuram; 39 Rummenigge; 40 Giuseppe Meazza; 41; Gordon Banks; 42 Oliver Kahn; 43 Boniek; 44 Buffon; 45 Passarella; 46 Baresi; 47 Gary Lineker; 48 Djalma Santos; 49 Nilton Santos; 50 Uwe Seeler; 51; Messi; 52 Tostão; 53 Andreas Brehme; 54 Geoff Hurst; 55 Sepp Maier; 56 Stoichkov; 57 Vavá; 58 Kocsic; 59 Figo; 60 Desailly; 61 Hagi; 62 Giuseppe Bergomi; 63 Fritz Walter; 64 Puyol; 65 Iniesta; 66 Paul Gascoigne; 67 Lato; 68 Varela; 69 Juan Schiaffino; 70 Ghiggia; 71 Helmut Rahn; 72 Frank de Boer; 73 Ruud Krol; 74 Figueroa; 75 Leônidas da Silva; 76 Popescu; 77 Cubillas; 78 Okocha; 79 Didi; 80 Gianni Rivera; 81 Sergio Batista; 82 Belanov; 83 Schillaci; 84 Sneijder; 85 Belinni; 86 Del Piero; 87; Luis Monti; 88 Thomas N’Kono; 89 Claudio Gentile; 90 Bebeto; 91 Hector Chumpitaz; 92 Dragan Stojkovic; 93 Matthias Sindelar; 94 Dasayev; 95 Lahn; 96 Klinsmann; 97 Antonio Cabrini; 98 Leonardo; 99 Facchetti; 100 Tomas Brolin.

Os 23 eleitos para defender nossa querida Pátria de chuteiras foi convocada hoje, são eles:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Goleiros
Julio César, Jefferson e Victor

Laterais
Marcelo, Daniel Alves, Maicon e Maxwell

Zagueiros
Thiago Silva, Dante, David Luis e Henrique

Volantes
Paulinho, Luiz Gustavo, Fernandinho e Ramires

Meias
Hernanes, Willian e Oscar

Atacantes
Bernard, Hulk, Fred, Jô e Neymar

A Copa do mundo começou exatamente hoje.

Entrevista Coletiva:

O que é a Lei da Atração?

lei-da-atraçãoVocê provavelmente já ouviu falar muito sobre afirmações da Lei da Atração … e você provavelmente está se perguntando se, e como, elas funcionam.

Afirmações funcionam. Elas são uma parte importante de se manifestar e trazer sonhos da imaginação para a realidade. Mas, o elemento crítico é a crença. Sem a crença – se você sentir que você está mentindo para si mesmo – a afirmação não irá gerar os resultados desejados. Por quê? Porque a sua vibração (sua crença) tem de corresponder ao seu desejo. É assim que os dois vão ser reunidos.

Se você está afirmando, “eu ganho R$ 50.000 por mês do meu negócio” ainda não têm sequer um cartão impresso de negócios ou colocou uma propaganda lá fora, mostrando que você está no negócio … então você vai ter uma grande discrepância entre o que é, e o que pode ser. Mas, para fazer esses 50 mil por mês, você tem que visualizá-lo e falar sobre isso, certo? Assim, como superar a discrepância? Como você se move do “ver para crer” (ver a situação atual e zero resultados e nenhuma prova de que as afirmações funcionam) para uma mentalidade de “Crer para ver”, onde você permite que o processo criativo se desenrole?

A Lei da Atração é muito simples e direta: você atrai o que você acredita. Se você diz uma afirmação e imediatamente surge uma nuvem de dúvida – “como vou conseguir isso” ou “quem iria querer o que eu tenho para oferecer” você só vai ficar frustrado já que sua realidade corresponde, sem esforço, à sua vibração. Toda vez, sem falhar, você vai atrair o que você espera.

Muitos proponentes modernos dizem que a Lei da atração tem suas raízes na Física Quântica, mas nenhum cientista ou publicação apoiou as supostas credenciais científicas desta teoria . De acordo com os proponentes desta lei, os pensamentos possuem uma energia que atrai energias semelhantes Para controlar esta energia, os proponentes dizem que as pessoas devem praticar quatro coisas:

  • Saber o que você quer.
  • Pensar no que você quer com bastante convicção .
  • Sentir e se comportar como se o objeto de seu desejo está a caminho.
  • Estar aberto para recebê-lo.

Pensar no que você não tem, dizem, manifesta-se em não ter, enquanto que se alguém adere a estes princípios e evita pensamentos “negativos”, o Universo irá manifestar os desejos da pessoa.

Pensamento positivo sempre é importante para todos que querem algo.

Cito uma experiência própria do autor: Quando comecei a tocar saxofone, (alguns anos atrás, uns 20 aninhos, rs) coloquei na minha cabeça que um dia iria tocar como se estivesse assobiando, claro, hoje em dia não toco como se estivesse assobiando, mas consigo tocar bem e também improvisar, por isso é importante, quando temos uma questão que acaba dando errada,  perceber onde o pensamento negativo influenciou nisso.

Pensamento positivo sempre!!!

senna04_1024

Temos vários ídolos, Pelé, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Zico, Carlão do vólei, Guga Kuerten, entre tanto outros, Marta e Hortência, vários… Porém, hoje é dia de homenagear um dos grandes da história do esporte mundial, Ayrton Senna da Silva, ou simplesmente Ayrton Senna do Brasil. 20 anos sem o rei das pistas dos domingos de manhã.

Ele foi um grande e eterno mágico das pistas, ele era capaz de andar numa pista de chuva, como se estivesse em um dia ensolarado, era capaz de em uma volta ultrapassar vários adversários e chegar em primeiro, ganhou uma corrida em Interlagos, nas últimas voltas, apenas com a sexta marcha. Era um gênio das pistas, com certeza teria mais títulos, mas…

Ayrton Senna não era de levar desaforo pra casa, para ganhar 3 Títulos mundiais teve que superar vários outros grandes pilotos, entre os mais importantes estão: Nigel Mansel e Alain Prost, este último sem dúvida foi o mais ferrenho adversário, foram quase inimigos, principalmente quando eram da mesma equipe: a McLaren.

Travaram corridas históricas,  uma delas foi quando ganhou seu segundo título mundial, a corrida foi disputada  no Japão em 1990, bateu com Alain Prost, que já estava na Ferrari,  na largada e na primeira curva, ali acabava o campeonato daquele ano. No ano anterior aconteceu uma batida semelhante, só que Alain Prost foi o campeão.

Alain Prost despertava muita raiva em quem torcia para o Ayrton, porque tinha um certo privilégio da direção da Formula 1, em algumas corridas a direção da prova favoreceu Prost, talvez porque o chefão da F1 era francês também, aliás, na F1 tem muita sujeira embaixo do tapete.

Ayrton Senna nunca se conformou com sujeira e negociatas, e por isso brigou várias vezes com os dirigentes da F1.

Ayrton Senna 7

Ayrton começou sua carreira na fórmula 1 na Toleman, cujo carro é uma relíquia para quem adquiriu em um leilão a um tempo atrás, depois comandou a famosa Lotus negra, a McLaren e por fim a Wiliams.

Ayrton Senna foi um dos únicos pilotos de corrida a realmente despertar aquilo que um jogador de futebol é capaz no Brasil, ele vestia a camisa do Brasil e tinha um imenso valor como ser humano, tanto que fundou uma Fundação de ajuda a crianças em atividade até hoje, que tem como  simbolo, o Seninha, conhecido por várias crianças da época e agora.

Enfim, Ayrton Senna deixou seu legado no esporte há 20 anos, e muitos que acordavam cedo de manhã para assisti-lo, ficaram um pouco órfãos.

Hoje temos poucos grandes ídolos  no esporte, grandes atletas que levam um país nas costas, por isso devemos sempre reverenciar nossos ídolos do passado, porque praticar esporte no Brasil, com a pouca ajuda que a sociedade e o governo dão, é muito difícil chegar lá e vencer. Esses artistas do esporte tem que serem imortalizados mesmo.

Devemos respeitar todos eles sem exceção.

Este video mostra uma corrida na integra da vitória de Ayrton Senna no Brasil em 1993:

Todos os Jogos da Seleção

Todos os Jogos da Seleção Brasileira desde 1914

CORINTHIANS - Uma Nação

Histórias e notícias de um grande clube

Matt on Not-WordPress

Stuff and things.

Blog do Ronaldo

Um espaço de reflexão sobre a vida e a sociedade

blog into mystery

Celebrating the Best and Worst in Comics

DG.

Pop, Youth & Underground Culture.

Cavalcade of Awesome

All Pax. All Nude. All the Time.

backtothemusic

time travelling through iTunes

Bossip

Entertainment News & Celebrity Gossip

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 201 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: