Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \24\-03:00 2011

Pesquisadoras do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazr, em Portugal, constaram que os cachorros parecem sentir empatia pelas emoções humanas, tanto que os animais usados em terapias podem até adquirir as emoções de seus donos.

De acordo com o estudo, os animais não copiam simplesmente as emoções que estão ao seu redor. Cães podem ficar chateados como uma criança quando criados em um ambiente familiar com brigas. E podem pedir por ajuda no caso de emergências, o que sugere certo grau de percepção e empatia.

Mas não é fácil enganar um cachorro. Em um experimento em que os donos dos animais fingiram um acidente ou um ataque cardíaco, os cães ficaram confusos e não prestaram socorro. Para as pesquisadoras, isso acontece porque o cão tem que sentir outros sinais, como cheiro e sons. Outro estudo mostrou que cachorros usados em terapias são afetados emocional e fisicamente por seu “trabalho”, se beneficiando de massagens e outras práticas calmantes.

De acordo com as cientistas, os cães são afetados pelas emoções humanas por que são descendentes dos lobo, caninos sociais, cooperativos e que sentem empatia por outros lobos. A evolução e a domesticação teriam feito com que os cachorros conseguissem sincronizar suas emoções às humanas. Outro motivo seria a seleção artificial, que buscou animais cada vez mais inteligentes – e provavelmente capazes de “entender” melhor as pessoas.

Segundo o Discovery News, mais pesquisas devem ser realizadas para entender a origem do comportamento canino, as diferenças entre raças e a possibilidade de treinamento para essas habilidades emocionais.

Read Full Post »

Será que realmente existem almas gêmeas? Durante algum tempo conheci uma mulher que pensava que me deixaria completo, poderia ser a mulher da minha vida, um dia ela mudou o comportamento e  acabamos brigando e nunca mais senti a alegria de antes quando estava ao lado dela.

Consultando numerologia certa vez, comparei os nossos nomes e datas de nascimento, o resultado foi que nós éramos almas gêmeas. É contraditório isso, porque não me entendia mais com ela, não confiava mais nela, não tinha mais como ficarmos juntos, almas gêmeas se completam e não brigam. Resultado:  não acredito que podem haver almas gêmeas ou então numerologia é uma tremenda bobagem, mas este é o meu caso, talvez este texto abaixo, esclareça para muitos, o verdadeiro sentido de tudo isso.

Sua Alma Gêmea está mais perto que você imagina

“Certa vez, um discípulo perguntou ao seu Mestre já muito velho, por que ele nunca havia se casado e o Mestre respondeu:

Eu procurava a Mulher perfeita, a minha metade e, assim, várias mulheres foram aparecendo em minha vida e as qualidades que eu buscava e que me preenchiam e satisfaziam; ora encontrava e outras horas não, quando era inteligente, não era culta, quando era sensual, não era bonita, quando era organizada, era chata e por aí afora…

Você quer me dizer que nunca encontrou a Mulher perfeita?

Encontrei, encontrei sim, mas aí foi Ela quem me disse que procurava o Homem perfeito e que Eu não era ele…”

A energia do amor é essencialmente calma e pacífica, alegre e inspiradora. Não é pesada, cansativa e nem trágica. Algumas vezes, vocês se convencem de que precisam ficar juntos porque “compartilham o mesmo carma” e precisam “resolver algumas questões juntos”. Vocês utilizam a “natureza do carma” como um argumento para prolongar o relacionamento, enquanto vocês dois estão sofrendo imensamente. Na verdade, vocês estão distorcendo o conceito de carma. Vocês não resolvem um carma juntos: o carma é uma coisa individual.

Cada um tem responsabilidade apenas por si mesmo. É importante entender isto porque esta é uma das principais armadilhas nos relacionamentos. Vocês não são responsáveis pelo seu parceiro e ele não é responsável por vocês. A solução dos seus problemas não está no comportamento da outra pessoa. (Jeshua através de Pamela Kribbe)

Todos procuram sua cara metade, ou sua “alma gêmea”, como costumamos chamar e devemos entender que os relacionamentos de terceira dimensão, os chamados “relacionamentos cármicos”, precisam acabar. São ligações em que os parceiros carregam emoções não resolvidas dentro de si, tais como culpa, medo, dependência, ciúme, raiva e devem evoluir para acompanhar a mudança cósmica.

O objetivo desse tipo de reencontro é proporcionar às pessoas uma oportunidade para se entenderem como irmãos e fazerem escolhas diferentes das que fizeram em outras vidas.

Nessas uniões se repetem padrões emocionais vividos em outras épocas para que os envolvidos desenvolvam uma forma mais iluminada de lidar com a mesma situação. Esses encontros exercem uma forte atração que impele as pessoas a unirem-se com intensa paixão, parecendo terem encontrado sua alma gêmea.

Porém, os parceiros acabam num envolvimento conflituoso onde poder, controle e dependência tornam-se a tônica do relacionamento. O encontro emocional de outrora, que gerou cicatrizes e traumas emocionais, funciona também dentro da Lei de Atração.

São relacionamentos destrutivos onde não existe amor e respeito. A intenção do Plano Espiritual nestes casos é que ambos consigam se desapegar com amorosidade.

Uniões que causam emoções intensas, tristezas, angústias e os envolvidos não conseguem se libertar são carmáticos, pois a energia do amor é alegre, calma, dá segurança, estabilidade e nos inspira coisa boas.

Uma paciente nos procurou para receber a Terapia Energética para Ampliação da Consciência e sua queixa era o péssimo relacionamento com seu marido. Sua angústia e desapontamento causou depressão e, como conseqüência, a perda do emprego.

A dependência financeira acabou complicando a situação e expondo uma realidade até então desconhecida: ela só era reconhecida quando correspondia aos anseios materiais de seu marido e quando isso não acontecia ele a tratava como um peso morto.

Qualquer solicitação financeira por parte dela, era motivo para que ele dissesse:“te falta alguma coisa aqui? Por acaso não tens o que comer?”

Até o dia em que a situação ficou insuportável e chamado para uma conversa com ela, acabou lhe dizendo:“não te admiro; você é muito simples! Gosto de mulheres mais sofisticadas”.

Seu mundo ruiu, sua auto-estima abalada lhe deixou doente, criando um mioma no útero que necessitou de uma cirurgia para retirada do órgão.

A separação foi inevitável, mas seu emocional sofreu graves seqüelas pois ela acreditava que estava unida à sua alma gêmea, portanto, não haviam mais perspectivas para ela.

Passou meses recebendo Terapia, acompanhada por florais e participando do Curso de Alinhamento da Personalidade.

Hoje é outra mulher. Bonita, forte, segura de si e mais consciente da realidade.

A única responsabilidade de cada um é consigo mesmo. A importância desta compreensão é fundamental para que possamos sair dos relacionamentos tridimensionais que tornam as pessoas dependentes de algo/alguém fora delas.

A visão distorcida do que significa alma gêmea faz com que as pessoas procurem sua outra metade, ilusão que as leva para fora de si mesmas, esquecendo-se da sua origem divina, onde somos inteiros; somos o masculino e o feminino, somos o todo.”Ninguém é metade de ninguém.”

Na terceira dimensão, nosso ser é conduzido pela personalidade que é dual e, estando nela, vivemos a ilusão da paixão.

Ninguém se apaixona por ninguém. A mulher se apaixona pelo masculino dentro dela, refletido no homem e vice-versa; o homem se apaixona pela sua porção feminina que encontra na mulher. Somos espelhos e um dia nos decepcionamos com nossa própria imagem refletida no outro.

Essa noção “imatura” do conceito de almas gêmeas nos leva a entender que somos essencialmente femininos ou masculinos e que precisamos da nossa outra metade para completarmos uma unidade. E a realidade é que somos inteiros, somos yin e yang, e enquanto não aprendermos a reconhecer cada uma dessas partes dentro de nós e integrá-las, estaremos atraindo relacionamentos de dependência.

Então, não existem almas gêmeas? Elas realmente existem, mas, são idênticas em sentimento, em amor, vibração, princípios e ética. São seres livres e independentes, que escolhem compartilhar sua vida com outro ser igual em essência.

Não estão juntos para resgatar ou aprender alguma coisa pois almas gêmeas não têm função na dualidade. Seus propósitos são sempre divinos.

Somente quando nos identificamos com a divindade dentro de nós, somos capazes de encontrar nossa alma gêmea.

Quando nos tornamos conscientes de nossa unidade, nossa jornada de volta à casa do Pai começa. Nos tornamos menos ligados a coisas externas, como status, fama, dinheiro ou prestígio. Compreendemos que a chave da felicidade não é a experiência em si, mas sim , a maneira como vivemos esta experiência. Criamos nossa própria felicidade ou infelicidade através da consciência evoluída.

Mestre El Morya diz: quanto às chamadas Almas Gêmeas, seu encontro não se dá senão pelo merecimento, por mais incessante e imperativa que seja a busca. E, caso ocorra sem o pressuposto Maior de, juntas, atingirem a Perfeição, o encontro será efêmero como uma flor que, uma vez colhida, perde o viço, o perfume, a existência… (trecho do livro MENSAGENS DOS MESTRES)

Fonte: El Morya Luz da Consciência

Read Full Post »

Talvez muita gente não tenha ouvido falar da Produtora de desenhos animados Hanna – Barbera, mas sempre fez muito sucesso nos anos 50,60,70 e 80.

Ver estes filmes é voltar a infância, voltar ao tempo da inocência de criança, muito bom relembrar coisas de qualidade.

História

Fonte: Wikipédia

Hanna-Barbera foi uma empresa de desenho animado criada pela dupla de cartunistas estadunidenses William Hanna e Joseph Barbera. Foi uma das maiores produtora de desenhos animados do mundo, estando situada em Los Angeles, no estado da Califórnia.

Eles se conheceram em 1937 e começaram a trabalhar juntos no estúdio de animação da Metro-Goldwyn-Mayer em 1939. Na década de 1940, enviaram seus desenhos para Walt Disney, que prometeu viajar até Nova Iorque na semana seguinte para contratá-los. Nunca apareceu.

O primeiro projeto de animação criado e desenvolvido pelos dois foi o desenho Puss Gets the Boot (1940), que iniciou a premiada e popularíssima série Tom e Jerry. Em 1944 foi fundado o estúdio Hanna-Barbera.

Com a popularização da televisão, Hanna e Barbera passaram a desenvolver novos trabalhos e personagens para a essa mídia a partir de 1957. Seu primeiro sucesso foi a série Jambo & Ruivão, seguido dos famosos Dom Pixote, Plic, Ploc & Chuvisco, Zé Colméia, Pepe Legal, Bibo Pai e Bob Filho, Olho Vivo e Faro Fino e Loopy De Loop (Loopy Le Beau), este último feito para exibição no cinema. Depois viriam as séries de horário nobre: Os Flinstones, Manda Chuva, Os Jetsons, Jonny Quest, dentre outros. No final da década de 1960 surgiria outro mega-sucesso: Scooby-Doo.

Os estúdios da Hanna-Barbera foram, na década de 90 comprados pela Turner Enterprises, conglomerado de comunicação do empresário Ted Turner — que inclui os canais de tevê por assinatura CNN, TNT e Cartoon Network —e o nome “HB” hoje é usado apenas nas produções anteriores à compra.

Anos mais tarde, as empresas Turner foram adquiridas por outro conglomerado de comunicação, o “Time-Warner”, e a ex-Hanna-Barbera foi junto na transação. Muitos criticam tal aquisição como danosa à concorrência nos meios de entretenimento e jornalismo, já que ambas as empresas possuíam seus próprios departamentos de reportagens, filmes, séries de televisão e desenhos animados. Nesse último ponto, ainda não está claro o impacto que isto terá na qualidade das produções, já que a Hanna-Barbera e a Warner Bros. eram rivais ferrenhas na disputa pelos espectadores de desenhos.

Em 1999 a Turner deu para HB sua segunda chance com o canal só dela, o Boomerang. No caso da América Latina, em menos de 10 anos o canal retirou de uma só vez todos os desenhos clássicos e agora exibe uma nova programação.

Este aqui não pertence ao Estúdios HB, mas era muito legal, havia me esquecido deste desenho:

Recentemente, os desenhos de Hanna-Barbera voltaram à programação televisiva através de outro canal recém-criado pela Turner, denominado Tooncast. Os clássicos Tom e Jerry e Scooby-Doo estão atualmente na programação do canal Cartoon Network.

Read Full Post »

Carnaval: a alegria do povo, a cachaça da galera.  Uma bateria de  escola de samba é realmente extraordinária, muito emocionante.

Carnaval, legitimo símbolo da cultura brasileira, que felizmente não é só tragédia, o mundo é assim cheio de contradições, as pessoas são cheias de contradições, portanto isso é  Brasil.

Sinceramente, quem não ama esse país, como diz o capitão Nascimento do filme: “Pede pra saí”. Aquela música famosa, diz muito bem, “Quem não gosta de samba, bom sujeito não é” e acrescento, quem não gosta dos irmãos brasileiros bons sujeitos não são.

Neste carnaval, alguns que são a minoria, não queriam que homenageassem os também  brasileiros nordestinos, para não estender muito neste assunto idiota, uma palhaçada enorme, alguns de nós paulistas achamos que somos primeiro mundo. Maior exemplo desta bobagem, que quando vamos para os Estados Unidos por exemplo, somos tratados todos iguais, igualmente inferiores a eles, engraçado não é?

Mas deixa isso para lá… É Carnaval!!!

Antes dos melhores momentos, todos sabem que o coração de uma escola de samba é a bateria, este video apresenta os principais instrumentos de uma bateria:

No primeiro dia desfilaram sete escolas: Unidos do Peruche, Tom Maior, Acadêmicos do Tucuruvi, Rosas de Ouro, Mancha Verde, Vai-Vai e Pérola Negra.

UNIDOS DO PERUCHE

Enredo: A escola abordou os 100 anos do teatro e dividiu o enredo em “atos”. A Semana de Arte Moderna também teve seu espaço no desfile.

Samba-Enredo:


Desfile:

TOM MAIOR

Enredo: A cidade de São Bernardo do Campo, localizada na Região Metropolitana de São Paulo, foi mostrada como um recanto natural em um enredo lúdico que enfatiza os cuidados com a natureza.

Samba-Enredo:

Desfile:

ACADÊMICOS DO TUCURUVI

Enredo: A escola homenageou os milhares de nordestinos que ajudaram a construir a cidade de São Paulo a partir de meados do último século e que formam a força de trabalho da capital paulista.

Samba-Enredo:

Desfile:

ROSAS DE OURO

Enredo: A escola apostou na sorte para buscar mais um título neste ano. O enredo fala sobre as chaves e os sonhos do cotidiano que deixam as pessoas ricas.

Samba-Enredo:

Desfile:

MANCHA VERDE

Enredo: O enredo conta a história dos gênios que mudaram a humanidade, desde a criação até os tempos modernos, com menções a Deus, a Leonardo Da Vinci e Steven Spielberg.

Samba-Enredo:

Desfile:

VAI-VAI

Enredo: A escola resolveu fazer uma homenagem em vida ao maestro brasileiro João Carlos Martins e entrou no Anhembi em sintonia com o samba e com a música clássica. Para isso, a harmonia da escola foi acompanhada por um violino.

Samba-Enredo:

Desfile:

PÉROLA NEGRA

Enredo: O enredo vem do Velho Testamento. A ideia surgiu de um site que mostra os caminhos que Abraão percorreu. Carnavalesco garante que não haverá nudez e primeira ala será composta por cerca de 70 judeus.

Samba-Enredo:

Desfile:

 

Read Full Post »

Juarez Barcellos

Educação musical

Cá Minhando

Só algumas histórias

SporeModding

Modificações, tutoriais, dicas e notícias sobre o universo Spore!

CORINTHIANS - Uma Nação

Histórias e notícias de um grande clube

BLOG DO RONALDO

Reflexões de uma mente inquieta

blog into mystery

Celebrating the Best and Worst in Comics

colmhogan.wordpress.com/

Music, Culture & Technology.

Cavalcade of Awesome

All Pax. All Nude. All the Time.

backtothemusic

time travelling through iTunes

%d blogueiros gostam disto: