Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \07\UTC 2012

Além de ganhar um torneio importante, o Corinthians conquistou este campeonato de forma invicta. Considerado o segundo mais importante campeonato de clubes do mundo, a Libertadores da América é o desejo de muitos clubes, mas poucos conseguiram chegar lá, Somente 9 clubes foram campeões.

Este ano, talvez foi a decisão mais comentada, a decisão mais esperada, porque o Corinthians, que é uma nação, estava disputando pela primeira vez a final do campeonato, com chances imensas de ser campeão, por ter um time equilibrado, com uma defesa muito segura e ter uma torcida maravilhosa, gigante, com mais de 30 milhões de torcedores.

Final com cobertura impressionante, enfim todos estavam ligados na decisão, isto porque o nosso Corinthians é muito grande e gera milhões de reais, para muita gente.

Tudo isso é muito importante, Tv, Rádio, internet ou sinal de fumaça, mas o que realmente vale a pena, é ganhar um título tão desejado.

Para muitos é uma realização de uma vida inteira, não tem explicação. Esta conquista foi tão grande, que até os adversários, desesperados, torciam como se o Brasil vestisse azul com uma faixa amarela no meio e falasse espanhol.

Queiram ou não, o Corinthians tem um dimensão enorme, poucos times tem a grandeza do Timão. Só observar o que foi a final do Santos o ano passado e a nossa deste ano, só se falava nisso.

Muitos jornalistas dizem que o Corinthians é um time operário, não considero isso verdade, para uma conquista tão grandiosa como foi esta, não pode ter só jogadores operários, precisa ter grandes jogadores, um grande técnico, e também de jogadores que decidam, que não tremam em finais, como Emerson Sheik.

Emerson Sheik é um grande jogador, com 33 anos, se tornou definitivamente, um nome da história do Corinthians, daqui trinta anos, as televisões vão lá procurar o Emerson, já com cabelo branco, para falar da conquista e da mordida que ele deu não mão do argentino.

Corinthians campeão invicto da Libertadores da América, a melhor defesa de todos os tempos, demorou para chegar, mas quando veio, veio com tudo, é simplesmente incontestável a nossa vitória.

Elenco

Goleiros

Cássio, Julio César e Danilo

Laterais Esquerdos

Fábio Santos e Ramon

Laterais direitos

Alessandro e Welder

Zagueiros

Chicão, Leandro Castan, Wallace, Marquinhos e Paulo André

Volantes

Ralf, Paulinho, Edenilson, Ramires e Wllian Arão

Meias

Danilo, Alex e Douglas

Atacantes

Emerson, Jorge Henrique, Liédson, Willian, Romarinho, Elton e Gilsinho

Principais Destaques

Emerson Sheik

Um grande jogador, um craque, jogador decisivo que cresce nas decisões e tem um pé quente incrível, ganhou os últimos 3 campeonatos brasileiros e agora a Libertadores.

Cássio

Goleiro de 1,95cm, com esta altura muito seguro nas bolas altas, mas nem por isso lento, a bola que pegou de Diego Souza do Vasco, foi decisiva para a conquista quarta-feira.

Paulinho

Jogador vibrante, volante que sabe jogar,  fazedor de gols, foi muito importante contra o Vasco fazendo o gol da vitória, talvez o melhor jogador do campeonato.

Danilo

Jogador frio, que joga para o time, também decisivo, decidiu vários jogos com seus gols, como o da semi final contra o Santos no Pacaembu.

Ralf

O melhor 1º volante do Brasil! junto com Paulinho, eles formam a melhor dupla de volantes do Brasil, o Corinthians só foi campeão porque no último do primeiro jogo, fez o gol de empate da partida.

Leandro Castán

Zagueiro seguro e competente, um dos grandes responsáveis pela melhor defesa de todos os tempos da Copa Libertadores.

Romarinho

O que dizer de um jogador que toca a primeira vez na bola, vindo do banco de reservas e faz um gol decisivo para o título mais importante das Américas, este Romarinho, o iluminado!

Tite

O grande comandante desta conquista, técnico que prioriza a defesa, mas que não deixa de atacar, comandante cerebral, que consegue com as palavras ganhar um grupo de jogadores, que naturalmente possum várias personalidades diferentes.

Confira no site da Gazeta Esportiva, a ficha técnica dos 25 jogadores que fizeram parte do elenco campeão, só clicar na foto abaixo:

A Campanha

Fase de Grupos

Deportivo Táchira 1 x 1 Corinthians

Corinthians 2 x 0 Nacional-PAR

Cruz Azul 0 x 0 Corinthians

Corinthians 1 x 0 Cruz Azul

Nacional-PAR 1 x 3 Corinthians

Corinthians 6 x 0 Deportivo Táchira

Oitavas de Final

Emelec 0 x 0 Corinthians

Corinthians 3 x 0 Emelec

Quartas de Final

Vasco  0 x 0 Corinthians

Corinthians 1 x 0 Vasco

Semi Final

Santos 0 x 1 Corinthains

Corinthians 1 x 1 Santos

A GRANDE FINAL

A final foi cercado por vários tabús que deveriam ser quebrados, um deles era o estádio La Bambonera, temido e adorado por alguns brasileiros, na minha opinião de maneira exagerada, porque o que eles fazem por lá, a torcida fiel faz e muito bem.

O Boca Jr vinha para a final com toda a bagagem de Libertadores e com todo o talento de Riquelme, já cansado, mas sempre perigoso.

O Corinthians foi para a final com sua força de conjunto e ótima defesa.

Enfim foi a decisão que muitos esperavam, pois parou o Brasil, comparado a uma decisão de Copa do Mundo.

Jogo de ida em La Bambonera – Argentina

Assista na íntegra o primeiro jogo aqui:

Resultado

BOCA JR 1 X 1 CORINTHIANS

Escalações do primeiro jogo

Boca Juniors: Orión; Roncaglia, Schiavi, Caruzzo, Clemente Rodríguez; Somoza, Ledesma, Erviti e Riquelme; Mouche e Santiago Silva. Técnico: Julio Cesar Falcioni.

Corinthians: Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Alex e Danilo; Emerson e Jorge Henrique. Técnico: Tite.

Gols: Roncaglia aos 27 minutos do segundo tempo e Romarinho aos 40 minutos do segundo tempo.

Jogo de volta – Pacaembu – São Paulo

CORINTHIANS 2 X 0 BOCA JR

Ficha técnica

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 4 de julho de 2012

Horário: 21h50 (horário de Brasília)

Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

Assistentes: Abraham Gonzalez e Humberto Clavijo (ambos da Colômbia)

Corinthians: Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Alex e Danilo; Emerson e Jorge Henrique. Técnico: Tite.

Boca Juniors: Orión; Sosa, Schiavi, Caruzzo, Clemente Rodríguez; Somoza, Ledesma, Erviti e Riquelme; Mouche e Santiago Silva. Técnico: Julio Cesar Falcioni.

Gols: Emerson aos 08 minutos do segundo tempo;  Emerson aos 27 do segundo tempo.

Video completo do jogo decisivo no Pacaembú:

A quatro anos atrás, um amigo meu perguntou para mim, ele não torce para ninguém, como eu poderia torcer para um time rebaixado, eu simplesmente respondi que o Corinthians era uma lição de vida! Então agora está provado que só os fortes de mente e os grandes de coração, podem dar a volta por cima. Se alguma coisa está muito errada e chegou no fundo do poço, você pode com determinação e acreditando sempre em Deus, sair de uma situação difícil e alcançar os  tão sonhados objetivos na vida.

Por isso que continuo dizendo que o “Corinthians é uma lição de vida”.

VAI CORINTHIANS!!!!!

Read Full Post »

Juarez Barcellos

Educação musical

Cá Minhando

Só algumas histórias

SporeModding

Modificações, tutoriais, dicas e notícias sobre o universo Spore!

CORINTHIANS - Uma Nação

Histórias e notícias de um grande clube

BLOG DO RONALDO

Um espaço para reflexão sobre a vida e a sociedade

blog into mystery

Celebrating the Best and Worst in Comics

colmhogan.wordpress.com/

Music, Culture & Technology.

Cavalcade of Awesome

All Pax. All Nude. All the Time.

backtothemusic

time travelling through iTunes

%d blogueiros gostam disto: