Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \13\UTC 2012

Tem curiosidade de como é construído um super carro? Desde a montagem do chassis até a construção do motor, que é capaz de chegar a mais 300 km/h, o documentário mostra como é montado um dos carros mais famosos do mundo até chegar as ruas.

Anúncios

Read Full Post »

Criador do Espetacular Homem Aranha, um dos super heróis mais conhecidos do mundo, Stan Lee marcou época com suas criações, onde o talento não tinha recursos como os de agora, a tecnologia ajuda e muito os bons artistas de hoje.

Extemamente criativo, criou o Quarteto Fantástico, os X-Men e o Incrível Hulk, entre tantos outros heróis e vilões.

Quem nunca leu um gibi destes eternos personagens dos quadrinhos.

Stanley Martin Lieber (Nova York, 28 de dezembro de 1922), mais conhecido como Stan Lee, é um escritor, roteirista, editor, publicitário, produtor e empresário norte-americano, que, em parceria com outros desenhistas — especialmente Jack Kirby e Steve Ditko — criou, a partir dos anos 1950, super-heróis complexos e problemáticos, dando ao gênero um tom mais “humano”, “verídico”, na contramão da principal editora de HQs de super-heróis da época, DC Comics, detentora dos direitos de personagens famosos como Superman, Batman e Mulher-Maravilha, que seguiam no tom de super-heróis “invencíveis”, “insuperáveis”, revolucionando o gênero.

Seu sucesso foi fundamental para transformar a Marvel Comics, de uma pequena editora de HQs, para uma das maiores corporações multimídia de entretenimento do mundo.

Na adolescência, Lee trabalhou para os publicadores Martin Goodman na Timely Comics, que mais tarde tornaria-se a Marvel Comics. Goodman era casado com a prima de Lee. Seu primeiro trabalho publicado foi uma página para preencher texto assinada com o nome Stan Lee, que apareceu na revista do Capitão América em 1941. Stanley usou o nome “Stan Lee” porque sonhava um dia escrever o maior de todos os livros do país e não queria seu verdadeiro nome associado às histórias em quadrinhos. Ele logo passou a escrever histórias de fato, tornando-se o editor mais novo no campo de trabalho com 17 anos.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Lee alistou-se no Exército dos Estados Unidos e serviu na parte de comunicação, escrevendo manuais, slogans, filmes de treinamento e ocasionalmente desenhando. Após a Segunda Guerra Mundial, Lee voltou para a sua posição na qual tornaria-se a Marvel Comics. Naquela época, um campanha de decência liderada pelo psiquiatra Dr. Frederic Wertham e pelo Senador Estes Kefauver culpava as revistas de histórias em quadrinhos por corromper os jovens leitores com imagens violentas e sexuais. As empresas de HQ responderam com a organização de um sistema de controle interno, e eventualmente adotaram o estringente Comics Code Authority.

Permanecendo na Timely/Marvel pela década de 1950, Lee escreveu histórias de vários gêneros, como romance, faroeste, e ficção científica leve. No fim da década, ele ficou insatisfeito com sua carreira e pensou em sair da área. Como ele era o senhor dos quadrinhos como o chamavam fez muito sucesso era adorado pelas crianças e adolescentes.

No fim da década de 1950, a DC Comics deu uma reanimada no gênero dos super-heróis e teve sucesso significativo com o super time da Liga da Justiça da América. Em resposta, Martin Goodman, o publisher (chefe editorial) da Marvel, deu a Lee a tarefa de criar um time de super-heróis novo. A esposa de Lee o alertou para experimentar histórias que ele preferia já que a ameaça de ser demitido não importava. Ele agiu sob este conselho, e, de repente, a carreira de Lee mudou completamente.

Lee com a ajuda de Jack Kirby, deu a seus novos super-heróis sentimentos mais humanos, uma mudança de seus outros heróis que eram tipicamente escritos para pré-adolescentes. Seus heróis tinham um temperamento ruim, ficavam melancólicos, cometiam erros humanos normais. Preocupavam-se em pagar suas contas e impressionar suas namoradas, e às vezes ficavam até doentes fisicamente. Os super-heróis de Lee capturaram a imaginação dos adolescentes e jovens adultos, e as vendas aumentaram drasticamente.

O grupo de super-heróis que Lee e Jack Kirby produziram foi a família de super-heróis conhecida como O Quarteto Fantástico. Sua popularidade imediata fez com que Lee e os ilustradores da Marvel produzissem vários novos títulos. Lee criou o Incrível Hulk, o Homem de Ferro, Thor e os X-Men com Kirby; Demolidor (Daredevil) com Bill Everett; Doutor Estranho e o personagem de maior sucesso da Marvel: o Homem-Aranha, criado com Steve Ditko.

Pela década de 1960, Lee escreveu, coordenou a arte e editou a maior parte das séries da Marvel, moderou as páginas de cartas e escreveu uma coluna mensal chamada “Stan’s Soapbox”.

Nos últimos anos, Lee tornou-se um ícone e a cara pública da Marvel Comics. Ele faz aparições em convenções de histórias em quadrinhos pelos EUA, palestrando e participando em discussões. Ele também mudou-se para a Califórnia em 1981 para desenvolver as propriedades de televisão e filme da Marvel.

Lee também apareceu em Os Simpsons e fez a voz de um personagem na série animada produzida pela MTV do Homem-Aranha. Durante a revolução ponto com da Internet, ele criou o StanLee.net, que pertencia a uma companhia separada e administrada por outros que tinha como conceito misturar animação online com tiras de quadrinhos tradicionais, mas infelizmente a companhia ficou conhecida pela sua administração mal-feita e irresponsabilidade financeira.

Na década de 2000, Stan Lee fez seu primeiro trabalho para a DC Comics, lançando a série Just Imagine… (“Apenas Imagine…”), na qual Lee reimaginava vários super-heróis incluindo Superman, Batman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde e Flash.

Lee também criou a série animada para adultos Stripperella para a Spike TV (vai ao ar no Brasil pelo Multishow) e em 2004 anunciou planos para colaborar junto com Hugh Hefner em uma série animada das coelhinhas da Playboy.

Em agosto de 2004, Lee anunciou o lançamento da “Stan Lee’s Sunday Comics”, para serem hospedadas pelo Komicwerks.com, onde assinantes mensais poderão ler uma nova e atualizada história todo domingo. A Stan’s Soapbox voltará como uma coluna semanal junto da tira de domingo.

Em 2006 Stan criou e participou do reality show Who Wants to Be a Superhero?. Em Abril de 2008, na New York Comic Con, a Viz Media anunciou que Lee e Hiroyuki Takei estava colaborando no mangá Karakuridōji Ultimo, da empresa-mãe Shueisha.

Stan Lee apareceu como personagem nas cenas de muitos filmes de super-heróis (mas não todos os filmes); baseados nos personagens da Marvel Comics que ele ajudou a criar. Ele é atualmente o ator 22 classificado em termos das receitas de bilheteira graças à sua aparições em filmes da Marvel.

  • Em O Julgamento do Incrível Hulk (1989), Lee fez sua primeira aparição em um filme da Marvel; na qual ele é um jurado no julgamento do Dr. Bruce Banner.
  • Em Mallrats (Barrados no Shopping, 1995), Stan Lee aparece como ele mesmo, aconselhando Brodie.
  • Em X-Men (2000), Lee aparece como um vendedor de hotdog na praia, quando o senador Robert Kelly aparece nu na praia depois de escapar do mutante Magneto.
  • Em Homem-Aranha (2002), ele aparece durante a primeira batalha do Homem-Aranha contra o Duende Verde, puxando uma menina longe dos destroços de um prédio.
  • Em Demolidor (2003), Matt Murdock, ainda criança, não deixa Stan Lee atravessar a rua para não ser atropelado por um ônibus.
  • Em Hulk (2003), ele aparece andando ao lado do ex-Hulk da série de TV, Lou Ferrigno em uma cena inicial, como guarda de segurança no laboratório de Bruce Banner. Foi seu primeiro papel falando em um filme baseado em um de seus personagens.
  • Em Homem-Aranha 2 (2004), Lee puxa novamente uma pessoa inocente, longe do perigo durante a primeira batalha do Homem-Aranha contra o Doutor Octopus.
  • Em The Princess Diaries 2: Royal Engagement (2004), Lee aparece na cena do casamento da princesa, com uma jovem mulher para cumprimentar a rainha.
  • Em Quarteto Fantástico (2005), Lee aparece pela primeira vez como um personagem dos quadrinhos, em um papel creditado como Willie Lumpkin, o carteiro que recebe o Quarteto Fantástico quando eles entram no edifício Baxter.
  • Em X-Men: O Confronto Final (2006), Lee e Chris Claremont aparecem como dois dos vizinhos de Jean Grey na cena de abertura do conjunto há 20 anos. Lee, creditado como “homem da mangueira”, é molhado no gramado quando Jean usa sua telecinese redireciona a água da mangueira para o ar.
  • Em Homem-Aranha 3 (2007), Lee aparece em um papel creditado como “homem da Times Square”. Ele fica ao lado de Peter Parker, ambos lendo um boletim de notícias e logo depois comenta a Peter:”Você sabe, eu acho que uma pessoa pode fazer a diferença no carater de outra pessoa”.
  • Em Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (2007), Lee aparece como ele mesmo no primeiro casamento de Reed Richards e Susan Storm, sendo afastado por um guarda de segurança por não estar na lista de convidados. Em Fantastic Four Annual # 3 (1965) ,acontece a mesma coisa, em que Lee e Jack Kirby são igualmente barrados.
  • Em Heroes (2007), ele aparece na segunda temporada, como um motorista de ônibus no episódio “Unexpected”.
  • Em Homem de Ferro (2008), Stan Lee (creditado como “Si”) aparece em uma festa de gala com três mulheres loiras, onde Tony Stark o confunde com Hugh Hefner, criador da revista Playboy e famoso mulherengo. Na versão teatral do filme, Stark simplesmente cumprimenta Lee como “Hef” e move-se sem ver a cara de Lee, uma outra versão da cena foi filmada quando Stark percebe seu erro, mas Lee gentilmente responde: “Tudo bem, eu sou confundido assim o tempo todo.”
  • Em O Incrível Hulk (2008), Stan Lee aparece como um cidadão desafortunado que acidentalmente ingere um refrigerante misturado com o sangue de Bruce Banner, que levou à descoberta da localização do Dr. Banner em uma fábrica de engarrafamento no Brasil.
  • Em O Espetacular Homem-Aranha (2008), Stan Lee aparece como entregador, tanto que um parceiro de trabalho o chamou por “Stan”, na parte em que Mystério rouba a carga, na segunda temporada do desenho.
  • Em Homem de Ferro 2 (2010), durante a Expo Stark, Lee, vestindo suspensórios e uma camisa colorida brilhante e gravata, é cumprimentado por Tony Stark como “Larry King”.
  • Em The Big Bang Theory (2010), Stan Lee aparece em sua própria casa sendo visitado por Sheldon, num episódio da 3ª temporada onde Sheldon perde o dia de autógrafos e Penny consegue o endereço de Lee para que Sheldon conseguisse o autografo.
  • Em Stan Lee’s Superhumans (2010), ele é o apresentador do documentário.
  • Em Thor (2011), Stan Lee interpreta o velhinho que dirige a camioneta que tenta arrancar o martelo de Thor do fundo da cratera.
  • Em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011), Lee aparece como um militar numa entrega de medalha para o Capitão América,que não compareceu, Stan confundiu o mensageiro que deu a notícia,com o Capitão América, dizendo: “Pensei que ele fosse mais alto!”.
  • Em Chuck (2011), Lee aparece como ele mesmo no 7º episódio da 5ª Temporada (“Chuck versus the Santa Suit”) em um especial de natal. Onde Chuck (Zachary Levi) vê Stan Lee em uma confraternização da CIA, festejando junto com seus colegas espiões.
  • Em Ultimate Spider-Man (2012), Stan Lee aparece em diversos episódios, como Stan, o zelador da escola onde Peter estuda.
  • Em Os Vingadores (2012), Lee aparece no final do filme, onde uma série de entrevistas são feitas a respeito dos Vingadores, quando ele afirma que não acredita ter herois em Nova Iorque.
  • Em O Espetacular Homem-Aranha (2012), ele interpreta um servente do colégio de Peter, durante um confronto entre o Homem-Aranha e o Lagarto.

Enfim, esta é a história de um dos grandes criadores do século 20.

Fonte: Wikipédia

Read Full Post »

Crucificado ou protegido demais

Não dá para acreditar como defendem o Neymar, não pode receber faltas, não pode jogar pela seleção porque vai prejudicar o Santos, não pode ser vaiado pela torcida adversária, não pode ser expulso,  que o árbitro estaria querendo aparecer em cima da grande estrela de todos os tempos do futebol brasileiro( tirando uns mil na frente dele).

Levando bem no popular mesmo, para que todos entendem… é uma frescura que não é possível que sejam jornalistas sérios.

O “moleque” pode tudo, dar chapéu na hora que não deve, xingar o juiz como bem entende, simular falta. O Neymar parece aquela criança que detona a casa inteira, e os pais e avós acham graça de tudo que ele faz.

Muitos defendem que ele deve ir para fora para pegar experiência, nós já tivemos jogadores muito mais talentosos que o Neymar e foram embora, e o futebol brasileiro está sobrevivendo, mais vivo que nunca, nosso futebol precisa de clubes fortes e não só de um ou outro grande jogador.

De repente o garoto é transformado na grande vítima do futebol brasileiro, o grande perseguido, será que os analistas de futebol não perceberam ainda que o Neymar está gerando uma grande antipatia entre os outros torcedores, por exemplo, o Marcos ex-goleiro do Palmeiras tem a simpatia até de corintianos, não tem a chamada “frescura”, mas com o Neymar parace que estamos falando do rei do futebol, Neymar é intocável. Pelé é o rei do futebol, e foi várias vezes expulso, o juiz não perdoava, era vaiado também(só que os adversários sofriam no final do jogo), algumas vezes foi criticado também pela imprensa.

Agora porque  nós temos que aguentar essas malas defendendo outra mala.

Pelé já foi várias vezes expulso, Neymar não pode?

Um país que já teve e tem tantos grandes jogadores, que aliás, fizeram tanto pelo futebol e pelo esporte brasileiro e não são defendidos como esse jogador, muito pelo contrário, são perseguidos, execrados, não servem mais, mas que na realidade, fizeram e ganharam muito pela seleção brasileira.

O Neymar é novo demais, não ganhou nada pela seleção que tenha importância, porque tudo isso? é um excelente jogador, tem tudo de um craque, mas exageram demais, para um jogador que não fez quase nada pela seleção pentacampeã do mundo.

Então fica a pergunta: crucificado ou protegido da imprensa brasileira?

Read Full Post »

Juarez Barcellos

Educação musical

Cá Minhando

Só algumas histórias

SporeModding

Modificações, tutoriais, dicas e notícias sobre o universo Spore!

CORINTHIANS - Uma Nação

Histórias e notícias de um grande clube

Matt on Not-WordPress

Stuff and things.

BLOG DO RONALDO

Um espaço para reflexão sobre a vida e a sociedade

blog into mystery

Celebrating the Best and Worst in Comics

colmhogan.wordpress.com/

Music, Culture & Technology.

Cavalcade of Awesome

All Pax. All Nude. All the Time.

backtothemusic

time travelling through iTunes

%d blogueiros gostam disto: