Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘cidades’ Category

arenacorinthians_jogo_get_95

Este é um especial exibido pelo Discovery Channel de ótima qualidade, que exibe desde o projeto até a conclusão, inclusive relatando todos os problemas que geraram atrasos na obra, além de também exibir a infra estrutura construída pelo governo de SP na cidade, para acesso dos torcedores até o estádio em Itaquera.

A Arena Corinthians, popularmente conhecida como Itaquerãoé um estádio de futebol localizado no distrito de Itaquera, na Zona Leste do município de São Paulo, Brasil. De propriedade do Sport Club Corinthians Paulista, a arena foi inaugurada oficialmente em 18 de maio de 2014 e foi palco da cerimônia de abertura e de seis jogos da Copa do Mundo FIFA de 2014, incluindo o de abertura.

Com capacidade para 48 234 lugares, é o quinto maior estádio da Série Ado Campeonato Brasileiro de Futebol e o 11º maior do Brasil. Durante a Copa do Mundo e pelo menos até o final de 2014, foram mais de 63 mil espectadores. Devido ao pedido da FIFA de pelo menos 65 mil lugares para o jogo de abertura da Copa do Mundo, 19.800 assentos temporários foram adicionados ao estádio para o torneio internacional.

Anúncios

Read Full Post »

mini-IMG_5562E

afroAfro Reggae age entre os mais humildes, ajuda quem mais precisa, principalmente as pessoas marginalizadas das favelas, eles trazem cultura e sabedoria para os que buscam conhecimento e precisam de um caminho para poderem seguir suas vidas retas.
Talvez por isso incomoda tanto os marginais, os que querem usar as crianças como peão do jogo do tráfico de drogas. Há fortes suspeitas que a quadrilha do traficante preso, Fernando Beira-Mar, esteja por trás dos ataques.

O que é o AfroReggae?

O Grupo Cultural AfroReggae, ou apenas AfroReggae, é uma ONG que também atua como banda musical surgida em 1993 inicialmente como um jornal informativo (Afro Reggae Notícias) das festas que o grupo realizava e também a valorização da cultura negra voltada sobretudo aos jovens ligados a música como Reggae, Soul e Hip Hop. Inicialmente, a festa chamava-se Rasta Dancing.

afro2

O objetivo do AfroReggae era ter um tipo maior de intervenção com a população afro-brasileira, atuando principalmente na comunidade de origem de seus membros, Vigário Geral. Foi criado o Núcleo Comunitario de Cultura em 1993 para iniciar no local suas atividades de amparo a jovens carentes e com potencial de se envolver com a criminalidade que passavam a integrar projetos sociais como: dança, percussão, futebol, reciclagem de resíduos e capoeira. A partir deste momento, o projeto consolidou-se e, em 1997, o núcleo contou com apoio de personalidades como Caetano Veloso e Regina Casé.

Com o passar do tempo, o AfroReggae vem crescendo e hoje já atua em seis comunidades, Vigário Geral, Morro do Cantagalo, Parada de Lucas, Complexo do Alemão, Vila Cruzeiro e Nova Era (Nova Iguaçu). Além disso, o grupo tem mais de 30 Projetos e também desenvolve trabalhos em todo Brasil e fora dele. O trabalho e a história do AfroReggae foi contada no filme Favela Rising.

AFROREGGAE-INCENDIO

Sede do AfroReggae incendiada criminosamente em agosto deste ano

Ataques a Sede

Entre os ataques sofridos pelo grupo está um incêndio que atingiu a redação do jornal Voz da Comunidade e a pousada do AfroReggae, na Favela da Grota, no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio. Na época, o coordenador do AfroReggae, José Junior, disse acreditar que o incêndio foi criminoso. Bombeiros chegaram ao local mas as chamas já haviam consumido todo o estabelecimento.

A redação do jornal comunitário e a pousada, que seria inaugurada no dia 5 de agosto, ficam no mesmo prédio. O coordenador da ONG afirmou que vai prestar depoimento à polícia, que vai investigar o caso.

??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

No início de agosto, a sede do grupo da Vila Cruzeiro, no Conjunto de Favelas da Penha, foi alvejada por tiros. A fachada do imóvel foi destruída, mas ninguém ficou ferido. O tiroteio aconteceu um dia após o AfroReggae voltar com suas atividades no Conjunto de favelas do Alemão. A sede havia sido fechada porque o grupo recebeu ameaças.

Segundo a UPP da Vila Cruzeiro, duas motos com dois homens cada passaram pela sede da ONG e efetuaram os disparos. Os policiais perseguiram os criminosos, que fugiram em direção à favela da Chatuba, também no Conjunto de Favelas da Penha.

Reação aos ataques ao AfroRegaae

Integrantes da sociedade civil do Rio de Janeiro lançaram a campanha “A pacificação é Nossa, o AfroReggae é Nosso, deixem o Rio em Paz” para apoiar o grupo AfroReggae, que foi alvo de quatro ataques em suas sedes. O movimento conta com a adesão de 150 pessoas que também defendem a pacificação nas favelas e a paz na cidade .

Bloco-Afroreggae

A campanha está sendo divulgada nos jornais, redes socias e vídeos na internet. Para o economista e ecologista Sérgio Bresserman, um dos integrantes do movimento, o objetivo da campanha é apoiar as comunidades para buscar a paz em todos os territórios do Rio de Janeiro. ” Desde o primeiro momento, todo mundo começou a se falar pelas redes, para ver como era possível manifestar a solidariedade. Paz é condição para liberdade, para que as pessoas possam viver suas vidas como quiserem”, disse.

O Coordenador do AfroReggae, José Júnior, diz que a campanha ganha força nas redes sociais e adesão com depoimentos como o do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

presidente

José Júnior – coordenador do AfroReggae

José Júnior comemora a mobilização da sociedade civil ao movimento. ” É uma coisa muito bacana que está acontecendo agora, que é algo que tentaram fazer o mal, mas acabaram gerando uma onda de coisas muito boas”.

De tudo isso, nós como brasileiros, tiramos uma lição de quem tenta realmente fazer alguma coisa para a população incomoda alguns, quem é competente fazendo isso então, incomoda muito mais pessoas, mas irão parar? Não, irão continuar a fazendo o bem a quem precisa.

Read Full Post »

Cá Minhando

Só algumas histórias

SporeModding

Modificações, tutoriais, dicas e notícias sobre o universo Spore!

Seleção Brasileira Todos os Jogos

Todos os Jogos da Seleção Brasileira desde 1914

CORINTHIANS - Uma Nação

Histórias e notícias de um grande clube

Matt on Not-WordPress

Stuff and things.

BLOG DO RONALDO

Um espaço para reflexão sobre a vida e a sociedade

blog into mystery

Celebrating the Best and Worst in Comics

colmhogan.wordpress.com/

Music, Culture & Technology.

Cavalcade of Awesome

All Pax. All Nude. All the Time.

backtothemusic

time travelling through iTunes

%d blogueiros gostam disto: