Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘artigos’

 

Mahatma_Gandhi1

Mohandas Karamchand Gandhi nasceu no dia 2 de outubro de 1869, na cidade de Porbandar, na Índia ocidental, hoje estado de Gujarat. Seu pai era o primeiro-ministro local, do mínusculo principado, e a mãe era uma devota vaisnava.

Como era costume em sua cultura nesta época, em maio de 1883 com a idade de 13 anos, a família de Gandhi realizou seu casamento arranjado adulto com a mulher Kasturba Gandhi, de 14 anos, através de um acordo entre as respectivas famílias.

Depois de um pouco de educação indistinta foi decidido que ele deveria ir para a Inglaterra para estudar Direito na University College. Ele ganhou a permissão da mãe, prometendo se abster de vinho, mulheres e carne, mas ele desafiou os regulamentos de sua casta, que proibiam a viagem para a Inglaterra. Cursou a faculdade de Direito em Londres.

Gandhi_and_Kasturbhai_1902Mahatma Gandhi com sua mulher Kasturba Gandhi

Procurando um restaurante vegetariano, havia descoberto na filosofia de Henry Salt um argumento para o vegetarianismo e convenceu-se dessa prática. Ele organizou um clube vegetariano onde se encontravam teósofos e pessoas com interesses altruísticos.

Quando Gandhi voltou à Índia, em 1891, sua mãe havia falecido, e ele, devido a timidez não obteve êxito a exercer sua profissão legal de advogado. Assim, aproveitou a oportunidade que surgiu de ir para África do Sul, durante um ano, representando uma firma hindu de Dada Abdulla em KwaZulu-Natal, em um processo judicial.

Sua estadia na África do Sul, notório local de discriminação racial, despertaram em Gandhi a consciência social. Como advogado, Gandhi fez o melhor para descobrir os fatos. Depois de resolver um caso difícil, ele passou a ter notoriedade por sua atuação. Ele mesmo relata: “eu aprendi a descobrir o lado bom da natureza humana e entrar nos corações dos homens. Eu percebi que a verdadeira função de um advogado era unir partes separadas”.

gandhi_jovem

Acreditava que o dever do advogado era ajudar o tribunal a descobrir a verdade, não tentar incriminar o inocente. Ao término do ano, durante uma festa de despedida, de retorno à Índia, Gandhi tomou conhecimento que uma lei estava sendo proposta para privar os hindus do voto. Os amigos dele insistiram: “fique e conduza a briga para os direitos de nossos compatriotas na África do Sul.” Gandhi fundou em KwaZulu-Natal o Congresso hindu em 1894, e seus esforços foram uma vigorosa advertência para a imprensa.

Quando Gandhi retornou à África, após buscar a esposa e filhos na Índia em janeiro de 1897, os sul-africanos tentaram interromper suas atividades de maneiras sórdidas. Uma delas foi a tentativa de subornar e ameaçar o agropecuário Dada Abdulla Sheth; mas Dada Abdulla era cliente de Gandhi, e finalmente depois de um período de quarentena, Gandhi recebeu permissão para aterrissar. A turba de espera reconheceu Gandhi, e alguns brancos começaram a espancá-lo até que a esposa do Superintendente Policial veio ao salvamento dele. A turba ameaçou linchá-lo, mas Gandhi escapou usando um disfarce.

Gandhi33

Depois ele se recusou processar os que o haviam espancado, permanecendo firme ao princípio de ego-restrição com respeito a uma pessoa infratora; além de que, tinha sido os líderes da comunidade e do governo de Natal que haviam causado o problema.

Em 1906, o governo britânico declarou guerra contra o Reino Zulu em Natal, Gandhi incentivou os britânicos a recrutar indianos. Ele argumentou que estes deveriam apoiar os esforços de guerra, a fim de legitimar suas reivindicações à cidadania plena. Os britânicos aceitaram oferta de Gandhi para liderar um destacamento de 20 voluntários indianos como um corpo padioleiro para tratar dos soldados feridos. Esse corpo foi comandado por Gandhi e operou por aproximadamente dois meses. A experiência ensinou-lhe que era impossível desafiar diretamente o poder militar do exército britânico, ele decidiu que este só poderia ser resistido de uma forma não-violenta.

Gandhi acabou permanecendo vinte anos na África do Sul defendendo a minoria hindu, liderando a luta de seu povo pelos seus direitos. Ele experimentou o celibato durante trinta anos de sua vida, e em 1906 levou o juramento de Brahmacharya para o resto da vida dele.

mahatma_gandhi25

De acordo com uma biografia recente bastante polêmica, Gandhi separou-se em 1908, quando já tinha quatro filhos, para viver com Hermann Kallenbach, um fisiculturista alemão de origem judaica que emigrara para a África do Sul e viria a tornar-se um de seus discípulos mais próximos. Viveram sob o mesmo teto por dois anos, separando-se quando Gandhi retornou à Índia em 1914.

Satyagraha, a força da verdade

O primeiro uso de desobediência civil em massa ocorreu em setembro de 1906. O Governo de Transvaal quis registrar a população hindu inteira. Os hindus formaram uma massa que se encontrou no Teatro Imperial de Joanesburgo;2 eles estavam furiosos com a ordem humilhante, e alguns ameaçaram exercer uma resposta violenta a ordem injusta.

Porém, eles decidiram em grupo a se recusarem a obedecer as providências de inscrição; havia unanimidade, apenas alguns se registraram. Ainda, Gandhi sugeriu aos indianos que levassem um penhor em nome de Deus; embora eles fossem hindus e muçulmanos, todos acreditavam em um e no mesmo Deus. Gandhi decidiu chamar esta técnica de recusar submeter a injustiça de Satyagraha que quer dizer literalmente: “força da verdade”. Uma semana depois de desobediência, as mulheres Asiáticas foram dispensadas do registro. Quando o governo de Transvaal finalmente pôs em pratica o “Ato de Inscrição Asiático” em 1907, Gandhi e vários outros hindus foram presos.

A pena dele foi de dois meses sem trabalho duro, dedicando-se durante esse período à leitura. Durante a vida, Gandhi passaria um total de mais de seis anos como prisioneiro. Enquanto lendo em prisão Gandhi travou contato, por carta, comLeon Tolstoi, um de seus ídolos. O escritor russo com suas ideias libertárias influenciou o indiano e indicou a este a leitura de Henry David Thoreau. Gandhi descobriu então a Desobediência Civil. Também teve papel importante a obra do pensador anarquista Piotr Kropotkin. Logo ele começou a perceber cada vez mais as possibilidades infinitas do “amor universal”.

16-09-gandhi-

O movimento de protesto para a conquista dos direitos indianos na África do Sul continuou crescendo; em um certo ponto foram presos 2.500 indianos dos 13.000 existentes na província, enquanto 6.000 tinham fugido de Transvaal.

Sendo civil aos oponentes durante a desobediência, Gandhi desenvolveu o uso de ahimsa que significa “sem dor” e normalmente é traduzido “não violência”. Gandhi seguiu o Ódio de preceito “o pecado e não o pecador. Desde que nós vivemos espiritualmente, ferir ou atacar outra pessoa são atacar a si mesmo. Embora nós possamos atacar um sistema injusto, nós sempre temos que amar as pessoas envolvidas. Assim ahimsa é a base da procura para verdade”.

Em novembro de 1913 Gandhi conduziu uma marcha com mais de duas mil pessoas. Gandhi foi preso e solto após pagar fiança. Logo após o prenderam novamente e o libertaram, e novamente foi preso depois de quatro dias de liberdade. Foi então condenado ao trabalho forçado durante três meses, mas as greves continuaram, envolvendo aproximadamente 50.000 operários e milhares de indianos foram escravizados na prisão.

Alguns missionários Cristãos doaram todo seu dinheiro para o movimento. Foram libertados Gandhi e outros líderes, e foi anunciada outra marcha. Porém, Gandhi recusou tirar proveito através de umagreve em uma estrada de ferro dos “brancos” (já que certa vez Mahatma Gandhi havia sido expulso de um compartimento de primeira classe de um trem, ao se recusar a “ceder” o seu lugar a um branco e se mover para a terceira classe), sendo que Gandhi cancelou a marcha, apesar de estar “quebrando” o penhor de Sujeira (1908). “Perdão é o ornamento do valente”, Gandhi explicou.

Finalmente através de negociação os assuntos estavam resolvidos. Todos os matrimônios independente da religião eram válidos; os impostos em atraso foram cancelados e inclusive os operários contratados; e foi concedida mais liberdade aos indianos.

Gandhi constatou o poder do método de Satyagraha e profetizou como poderia transformar a civilização moderna. “É uma força que, se ficasse universal, revolucionaria ideais sociais e anularia despotismos e o militarismo.”

mahatma_gandhi_jpg_1272392f

Enquanto isso a Índia ainda estava sofrendo debaixo de regra colonial britânica. Gandhi sugere que a Índia pode ganhar sua independência por meios não violentos e por via da ego-confiança. Ele rejeita a força bruta e sua opressão e declara que a força da alma ou amor e que se mantém a unidade das pessoas em paz e harmonia.

Retorno à Índia

De volta a Índia em 1915, Gandhi passou a exercer o papel de conscientizador da sociedade hindu e muçulmana na luta pacífica pela independência indiana, baseada no uso da não violência. O uso da não violência baseava-se no uso da desobediência civil.

Gandhi estava pronto para morar nas ruas sujas com os intocáveis se necessário, mas um benfeitor anônimo doou bastante dinheiro que duraria um ano. Passa então a ajudar os necessitados e as crianças carentes.

Em 1917 Gandhi ajudou as pessoas que trabalhavam em tecelagens, diante das explorações injusta dos proprietários sobre esses trabalhadores. Ele foi detido, mas logo perceberam que o Mahatma era o único que poderia controlar as multidões.

Reformas foram ganhas novamente por meio da desobediência civil. Os trabalhadores têxteis de Ahmedabad também eram economicamente oprimidos. Gandhi sugeriu uma greve, e como os trabalhadores temiam as consequências dela, ele faz um jejum para encorajar que eles continuem a greve. Gandhi explicou que ele não jejuou para coagir o oponente, mas fortalecer ou reformar esses que o amaram. Ele não acreditou que jejuando resultaria em salários mais altos.

O primeiro desafio de Gandhi contra o governo britânico na Índia estava em resposta contra os poderes arbitrários do “Rowlatt Act” em 1919. A Índia tinha cooperado com a Inglaterra durante a guerra, no entanto estavam sendo reduzidas as liberdades civis.

mahatma gandhi_070811092419

Guiado por um sonho ou experiência interna Gandhi decidiu pedir um dia de greve geral. Porém, a filosofia de Mahatma não foi bem entendida pelas massas, e violências estouraram em vários lugares. O Mahatma se arrependeu declarando que tinha feito “um erro de cálculo”, e ele cancelou a campanha.

Gandhi fundou e publicou dois semanários sem anúncios – a “Índia Jovem” eminglês e o “Navajivan” em Gujarati. Em 1920 Gandhi iniciou uma campanha de âmbito nacional de não cooperação com o governo britânico que para o camponês significou o não pagamento de impostos e nenhuma compra de bebida alcoólica, desde que o governo ganhou toda a renda de sua venda.

Gandhi realizou várias viagens ao longo de todo território hindu, com a função de conseguir a conscientização em massa de todas as pessoas, mostrando a necessidade da prática da desobediência civil e do uso da não violência. Durante finais dos anos 20, Gandhi escreve uma autobiografia retratando suas experiências vividas, nesse livro, descreve os erroscometidos, e o esforço de os superar.

Em suas falas ele exibe através dos dedos da mão seu programa de cinco pontos:

  • igualdade;
  • nenhum uso de álcool ou droga;
  • unidade hindu-muçulmano;
  • amizade;
  • e igualdade para as mulheres.

Esses cinco pontos, os cinco dedos representando o sistema, estavam conectados ao pulso, simbolizando a não-violência.

Lord_Pethic-Lawrence_and_Gandhi

Finalmente em 1928, ele anunciou uma campanha de Satyagraha em Bardoli contra o aumento de 22% em impostos britânicos. As pessoas se recusaram a pagar os impostos, sendo repreendidas pelo governo britânico. No entanto os indianos continuavam não violentos. Finalmente, após vários meses, os britânicos cancelaram os aumentos, libertaram os prisioneiros, e devolveram as terras epropriedades confiscadas; e os camponeses voltaram a pagar seus tributos.

Ainda nesse ano, o congresso indiano quis a autonomia da Índia e considerou guerra aos ingleses para conseguir esse fim. Gandhi recusou a apoiar uma atitude como esta, porém declarou que se a Índia não se tornasse um Estado independente ao final de 1929, então ele exigiria sua independência.

A “Marcha do Sal”

Por conseguinte, em 1930, Mahatma Gandhi informou, ao vice-rei, que a desobediência civil em massa iniciaria no dia 11 de março. “Minha ambição é nada menos que converter as pessoas britânicas à não violência, e, assim, lhes fazer ver o mal que fizeram para a Índia. “Eu não busco prejudicar as pessoas.” Gandhi decidiu desobedecer as “Leis do Sal” que proibiram os hindus de fazer seu próprio sal; este monopólio britânico golpeou especialmente aos pobres.

Começando com setenta e oito participantes, Gandhi iniciou uma marcha de 124 milhas para o mar que duraria mais de vinte e quatro dias. Milhares tinham se juntado no começo, e vários milhares uniram-se durante a marcha. Primeiro, Gandhi, e, então, outros, juntaram um pouco de água salgada na beira-mar em panelas, deixando-as ao sol para secar. Em Bombaim, o Congresso teve panelas no telhado; 60 000 pessoas juntaram-se ao movimento, e foram presas centenas delas. Em Karachi, onde 50 000 assistiram ao sal sendo feito, a multidão era tão espessa que impedia a polícia de efetuar alguma apreensão. As prisões estavam lotadas com pelo menos 60 000 transgressores. Incrivelmente, lá “não havia praticamente nenhuma violência por parte da população; as pessoas não queriam que Gandhi cancelasse o movimento.

Gandhi foi preso antes de que pudesse invadir os “Trabalhos Dharasana Sal”, mas o amigo dele, Sarojini Naidu, conduziu 2 500 voluntários e os advertiu a não resistir às interferências da polícia. De acordo com uma testemunha ocular, o repórter Miller de Webb, eles continuaram marchando até serem detidos abaixo do aco-shod lathis por quatrocentos policiais, mas eles não tentaram lutar.

Tagore declarou que a Europa tinha perdido a moral e o prestígio na Ásia. Logo, mais de 100 000 hindus estavam na prisão, incluindo quase todos os seus líderes.

Gandhi foi chamado a uma reunião com o vice-rei Irwin em 1931, e eles firmaram um acordo em março. A desobediência civil foi cancelada; foram libertados os prisioneiros;   a fabricação de sal foi permitida na costa; e os líderes do Congresso assistiriam à próxima Conferência de Mesa Redonda em Londres. Para participar desta conferência, Gandhi viajou novamente a Londres, onde conheceu Charlie Chaplin, George Bernard Shaw e Maria Montessori, entre outros. Em transmissão de rádio para os Estados Unidos, ele falou que a força não violenta é um modo mais consistente, humano e digno. Discutindo relações com os britânicos, ele disse que ele não quis somente a independência, mas também a interdependência voluntária baseada no amor.

Unseen-Wallpaper-of-Mahtma-Gandhiji

Enquanto, preso em 1932, Gandhi entrou em um jejum em nome dos Harijans porque, a eles, tinha sido determinado que formassem um eleitorado separado. Poderia ser um jejum até a morte, a menos que ele pudesse despertar a consciência hindu. O assunto foi resolvido, e até mesmo templos hindus destinados aos “intocáveis” foram abertos pela primeira vez.

No próximo ano, Gandhi fez um jejum de vinte e um dias para purificação, e os funcionários britânicos, amedrontados de que ele pudesse morrer, colocaram-no na prisão. Gandhi anunciou que não se ocuparia da desobediência civil até que sua oração fosse completada.

Mesmo com a Segunda Guerra Mundial se aproximando, Gandhi confirmou seus princípios pacifistas. Ele mostrou como a Abissínia (Etiópia) poderia ter usado a não violência contra Mussolini, e ele a recomendou para os Tchecos e para os chineses. “Se é valente, como é, morrer, a um homem que luta contra preconceitos, é ainda valente se recusar briga e ainda recusar se render ao usurpador”.

Já em 1938, ele exortou os judeus a defender os seus direitos e, se necessário, morrer como mártires. “Uma caçada humana degradante pode ser transformada em uma postura tranquila e determinada, oferecendo-se, aos homens e mulheres desarmados, a força dada a eles por Jehovah.” Mahatma recomendou o uso de métodos não violentos aos britânicos para combater Hitler, já que não podia dar seu apoio a qualquer tipo de guerra ou matança.

gandhi-650

O Congresso prometeu a Gandhi que ele ficaria fora da prisão, mas outros 23 223 indianos foram presos, inclusive Vinoba Bhave, Jawaharlal Nehru e Patel. Em 1942, Gandhi sugeriu modos para resistir não violentamente aos japoneses. Ele propôs, às pessoas japonesas, a causa da “federação mundial da fraternidade, sem a qual não poderia haver nenhuma esperança para a humanidade”.

Porém, Gandhi continuou exercendo umarevolução não violenta para a Índia, e, em 1942, ele e outros líderes foram presos. Ele decidiu jejuar novamente, sendo que apenas ele sobreviveu. Quando a guerra terminou, ele afirmou da necessidade de “uma paz real baseada na liberdade eigualdade de todas as raças e nações”. Nos últimos anos de sua vida, ele havia dito: “violência é criada por desigualdade, a não violência pela igualdade”.

Ele foi a uma peregrinação para Noakhali para ajudar aos pobres. A independênciapara a Índia era agora iminente, mas Jinnah, o líder muçulmano, estava exigindo a criação de um estado separado: o Paquistão. Gandhi prega em favor da unidade etolerância, até mesmo lendo, às reuniões, um Alcorão de orações.

mahatma-sarojini-naidu-during-salt-satyagraha-of-1930

Os hindus o atacaram porque pensaram que ele era a favor dos muçulmanos, e os muçulmanos exigiram, dele, a criação do Paquistão. Gandhi foi para Calcutá para acalmar a discussão e a violência entre hindus e muçulmanos. Mais uma vez, ele jejuou até que os líderes da comunidade assinaram um acordo para manter a paz. Antes de que eles assinassem, ele os advertiu de que, se se rebelassem, ele jejuaria até a morte. Gandhi, em janeiro de1948, fez muito para acalmar os conflitos entre hindus e muçulmanos, permitindo a divisão da Índia em dois países.

O movimento pela independência indiana

Após a guerra, Gandhi se envolveu com o Congresso Nacional Indiano e com o movimento pela independência. Ganhou notoriedade internacional pela sua políticade desobediência civil e pelo uso do jejum como forma de protesto.

Por esses motivos sua prisão foi decretada diversas vezes pelas autoridades britânicas, prisões às quais sempre se seguiram protestos pela sua libertação (por exemplo, em 18 de março de 1922, quando foi sentenciado a seis anos de prisão por desobediência civil, mas cumpriu apenas dois anos).

Outra estratégia eficiente de Gandhi pela independência foi a política do swadeshi – o boicote a todos os produtos importados, especialmente os produzidos na Inglaterra. Aliada a esta estratégia estava sua proposta de que todos os indianos deveriam vestir o khadi – vestimentas caseiras – ao invés de comprar os produtos têxteis britânicos.

gandhi-6-418

Gandhi declarava que toda mulher indiana, rica ou pobre, deveria gastar parte do seu dia fabricando o khadi em apoio ao movimento de independência. Esta era uma estratégia para incluir as mulheres no movimento, em um período em que pensava-se que tais atividades não eram apropriadas às mulheres.

Sua posição pró-independência endureceu após o Massacre de Amritsar em 1920, quando soldados britânicos abriram fogo matando centenas de indianos que protestavam pacificamente. e o sal comprado.

Em 8 de Maio de 1933, Gandhi começou um jejum que duraria 21 dias em protesto à opressão britânica contra a Índia. Em Bombaim, no dia 3 de março de 1939, Gandhi jejuou novamente em protesto às regras autoritárias e autocráticas para a Índia.

Segunda Guerra Mundial

Gandhi passou cada vez mais a pregar a independência durante a II Guerra Mundial, através de uma campanha clamando pela saída dos britânicos da Índia (Quit Índia, literalmente Saiam da Índia), que em pouco tempo se tornou o maior movimento pela independência indiana, ocasionando prisões em massa e violência em uma escala inédita.

Gandhi e seus partidários deixaram claro que não apoiariam a causa britânica na guerra a não ser que fosse garantida à Índia independência imediata.

mahatma-gandhi

Durante este tempo, ele até mesmo cogitou um fim do seu apelo à não-violência, de outra forma um princípio intocável, alegando que a “anarquia ordenada” ao redor dele era “pior do que a anarquia real”. Foi então preso em Bombaim pelas forças britânicas em 9 de agosto de 1942 e mantido em cárcere por dois anos.

A divisão da Índia entre hindus e muçulmanos

Gandhi teve grande influência entre as comunidades hindu e muçulmana da Índia. Costuma-se dizer que ele terminava rixas comunais apenas com sua presença. Gandhi posicionou-se veementemente contra qualquer plano que dividisse a Índia em dois estados, o que efetivamente aconteceu, criando a Índia – predominantemente hindu – e o Paquistão – predominantemente muçulmano.

No dia da transferência de poder, Gandhi não celebrou a independência com o resto da Índia, mas ao contrário, lamentou sozinho a partilha do país em Calcutá.

Gandhi tinha iniciado um jejum no dia 13 de janeiro de 1948 em protesto contra as violências cometidas por indianos e paquistaneses. No dia 20 daquele mês, sofreu um atentado: uma bomba foi lançada na sua direção, mas ninguém ficou ferido.

Mahatma Gandhi After

Entretanto, no dia 30 de janeiro de 1948, Gandhi foi assassinado a tiros, em Nova Déli, por Nathuram Godse, um hindu radical que responsabilizava Gandhi pelo enfraquecimento do novo governo ao insistir no pagamento de certas dívidas ao Paquistão. Godse foi depois julgado, condenado e enforcado, a desrespeito do último pedido de Gandhi que foi justamente a não-punição do seu assassino.

O corpo do Mahatma foi cremado e suas cinzas foram jogadas no rio Ganges.

É significativo sobre a longa busca de Gandhi pelo seu deus o fato das suas últimas palavras serem um mantra popular na concessão hindu de um deus conhecido como Rama: “Hai Ram!” Este mantra é visto como um sinal de inspiração tanto para o espírito como para o idealismo político, associado a uma possibilidade de paz na unificação.

Independência da Índia 

Enfim, antes de sua morte, o trabalho liderado por Mahatma Gandhi nos diversos movimentos, levaram finalmente à Lei de Independência da Índia em 1947, que criou os domínios independentes da Índia e do Paquistão. A Índia permaneceu como um domínio da coroa britânica até 26 de janeiro de 1950, quando a Constituição da Índia entrou em vigor, estabelecendo a República da Índia; o Paquistão permaneceu como um domínio até 1956.

O movimento de independência da Índia foi um movimento de massas, que englobava vários segmentos da sociedade do país. Ele também sofreu um processo constante de evolução ideológica. Embora a ideologia básica do movimento era o anti-colonialismo, que era apoiado por uma visão de desenvolvimento econômico capitalista independente, aliado a uma estrutura política secular, democrática, republicana e com liberdades civis.

Princípios 

A filosofia de Gandhi e suas ideias sobre o satya e o ahimsa foram influenciadas pelo Bhagavad Gita e por crenças hindus e da religião jainista. O conceito de ‘não-violência’ (ahimsa) permaneceu por muito tempo no pensamento religioso da Índia e pode ser encontrado em diversas passagens do textos hindus, budistas e jainistas. Gandhi explica sua filosofia como um modo de vida em sua autobiografia A História de meus Experimentos com a Verdade (As Minhas Experiências com a Verdade, em Portugal) – (The Story of my Experiments with Truth).

26032.40932-Gandhi

Estritamente vegetariano, escreveu livros sobre o vegetarianismo enquanto estudava direito em Londres (onde encontrou um entusiasta do vegetarianismo,Henry Salt, nos encontros da chamada Sociedade Vegetariana). Ser vegetariano fazia parte das tradições hindus e jainistas. A maioria dos hindus no estado deGujarat eram-no, efetivamente. Gandhi experimentou diversos tipos de alimentaçãoe concluiu que uma dieta deve ser suficiente apenas para satisfazer as necessidades do corpo humano. Jejuava muito, e usava o jejum frequentemente como estratégia política.

Gandhi renunciou ao sexo quando tinha 36 anos de idade e ainda era casado, uma decisão que foi profundamente influenciada pela crença hindu do brahmacharya, ou pureza espiritual e prática, largamente associada ao celibato. Também passava um dia da semana em silêncio. Abster-se de falar, segundo acreditava, lhe trazia paz interior. A mudez tinha origens nas crenças do mouna e do shanti. Nesses dias ele se comunicava com os outros apenas escrevendo.

gandhi-hd-images

Depois de retornar à Índia de sua bem-sucedida carreira de advogado na África do Sul, ele deixou de usar as roupas que representavam riqueza e sucesso. Passou a usar um tipo de roupa que costumava ser usada pelos mais pobres entre os indianos. Promovia o uso de roupas feitas em casas (khadi).

Gandhi e seus seguidores fabricavam artesanalmente os tecidos da própria roupa e usavam esses tecidos em suas vestes; também incentivava os outros a fazer isso, o que representava uma ameaça ao negócio britânico – apesar dos indianos estarem desempregados, em grande parte pela decadência da indústria têxtil, eles eram forçados a comprar roupas feitas em indústrias inglesas. Se os indianos fizessem suas próprias roupas, isso arruinaria a indústria têxtil britânica, ao invés de fortalecê-la.

800px-Gandhi_spinning-ED

O tear manual, símbolo desse ato de afirmação, viria a ser incorporado à bandeirado Congresso Nacional Indiano e à própria bandeira indiana.

Também era contra o sistema convencional de educação em escolas, preferindo acreditar que as crianças aprenderiam mais com seus pais e com a sociedade. Na África do Sul, e outros homens mais velhos formaram um grupo de professores que lecionava diretamente e livremente às crianças.

Fonte: Wikipédia

Dentro do ideal de paz e não-violência que ele defendia, uma de suas frases foi: “Não existe um caminho para paz! A paz é o caminho!”.

Read Full Post »

argser

Os nossos estádios estão superfaturados, nossas Aeroportos com poucas melhorias, nosso povo não quer a Copa do Mundo no Brasil, a solução é parar agora e deixar que a Argentina realize os jogos.

Já que nós não sabemos fazer nada direito, por que não mandar os jogos para os “hermanos”?  Eles teriam muitas visitantes, teriam pessoas do mundo inteiro gastando no seu comércio, a economia da Argentina, que está vivendo um colapso, teria uma enorme motivação, os produtos vendidos por lá iriam ajudar e muito os comerciantes e fabricantes, teriam empregos para se reformar os estádios e construir novos, além da divulgação das maravilhas e dos problemas, que qualquer país do mundo têm ou você acha que em Barcelona não  tem ladrão e político safado, inclusive dirigentes safados de clubes de futebol.

É claro que espertinhos também iriam meter a mão no que é do povo, mas aí que entra a fiscalização do povo desde o começo, ou você acha que os Argentinos iriam deixar para última hora para dizer que os gastos estariam exorbitantes e que não deve ter Copa faltando 4 meses para começar? Ou você acha que os Argentinos iriam protestar sobre problemas que duram décadas só agora no ano da Copa do Mundo deles?

237722_(www.GdeFon.com)

Copa do Mundo de futebol é um evento único, que pára um país para ver os jogos da tua seleção, eu cresci assim, trabalhei assim, não íamos trabalhar ou estudar para assistir a nossa seleção jogar, é um evento importante que mobiliza o país inteiro, até para quem não gosta de futebol.

Quem tem um restaurante, que tem um bar, um hotél ou  um simples camelô que leva o teu sustento para casa vendendo uma simples bandeira do seu país ou de algum outro que esteja disputando a Copa, é um grande negócio, mas tem que saber aproveitar e não ver só o lado negativo de uma Copa do Mundo.

Quantos profissionais em várias empresas  seriam contratados para realização da Copa, desde um que fabrica um simples chaveiro até aos que fabricam aqueles elevadores sofisticados dentro dos estádios da Copa,  quantos empregos seriam gerados.

Alguém pode pensar, mas e o dinheiro investido, não seria melhor investir em saúde e educação? Sim, tudo bem… mas pelo que esses governos arrecadam em impostos, o Brasil por exemplo arrecada trilhões de reais, daria para fazer Copa do Mundo todo ano e ainda a educação e saúde seriam as melhores do mundo, mas falta vontade política, só isso.

Alguns países ou cidades pedem a Deus para serem escolhidos como sede de um grande evento como esse, Barcelona que o diga, queriam de qualquer maneira serem escolhidos para sede das Olimpíadas, já que a economia de Espanha anda um caos, com vários desempregados, o objetivo seria alavancar a economia local.

campo02

Seriam campeãs do mundo com certeza 

Já que eles(Argentinos) seriam escolhidos para realizar a Copa, que fizessem direito, porque parar no meio do caminho e não fazer  nada, seria uma vergonha histórica para sempre dos seus habitantes, ficariam eternamente tachados como incompetentes e nunca mais sediariam nenhum evento do mundo.

A imprensa de lá, não poderia dar tiro no pé, poderiam relatar todos os problemas que com certeza iriam acontecer, mas teriam que divulgar o que o país tem a oferecer, os churrascos, a paixão pelo futebol, Messi, o tonto do Maradona, etc… Aliás, poderiam relatar o que tornou o país a ser uma potência do futebol e não só dizer que tudo está uma porcaria. Eles poderiam vender melhor o produto que iriam cobrir e ganhar com isso, ou vocês acham que as TVs transmitem os jogos da Copa porque é muito lindo, é tudo maravilhoso ou porque adoram futebol? Tem muita grana envolvida nisso.

Quem dá show nisso é americano, eles tem muito defeitos, mas  sabem como ninguém divulgar e realizar um evento, e ter orgulho do que são e de onde são.  Super Bowl é um grande exemplo disso.

super

 evento que gera bilhões de dólares e milhões de telespectadores

Agora em certos países da América do Sul, a imprensa quer vender um produto que eles mesmo detonam, se eu saísse vender meus produtos e dissesse que é uma porcaria, já teria parado a muito tempo de trabalhar nesta área. Acho que a desgraça alheia é mais vendável, deve ser isso.

Além de ter a oportunidade de serem tricampeões do mundo, porque jogando em casa, com uma boa seleção, não tem Espanha, Brasil ou Alemanha que segure, já pensou a festa que seria lá nas praças das cidades, como seria o Argentinos gritando: “É CAMPEON”.

comemoração

Imagina a festa de um povo que tem uma única alegria durante um mês e ver seu time sendo campeão de um evento tão importante em casa, e deixando o seus vizinhos chupando o dedo e dizendo: “Acho que não deveríamos ter deixado a Copa para eles realizarem”.

É claro que os problemas iriam continuar, o futebol não é mais o ópio do povo, mas seria uma alta estima enorme para um povo sofrido que é subjugado por uma sociedade que só pensa no lucro e no seu próprio bem estar e passa por cima de qualquer um que esteja no seu caminho para isso.

soccercitySoccer City: Estádio da Copa em 2010 na Africa do Sul

Enfim, vamos deixar para os Argentinos fazerem ou então deixar para os da terra de Mandela, já que muitos tiravam onda com os africanos que nunca seria uma boa copa,  e na verdade nossa copa que vai ser um fiasco,  pelo menos eles tem estádios prontos.

Tenho certeza que os argentinos não deixariam tudo para última hora, e realizariam a Copa juntamente com o povo, fiscalizando desde o começo quando fosse escolhida para ser sede da Copa do Mundo de 2014.

Reclamar agora é tarde demais. É como escolher um carro para comprar, pagar por ele e ver depois que o mesmo não tinha motor e o vendedor mora na Suíça(Entenderam, sede da…, rs), vai ficar com o mico na mão.

É claro que tudo isso é uma piada, que detestaria que a Copa do Mundo em nosso país, fosse para a Argentina, mas do jeito que as coisas estão, não merecemos ganhar e muito menos ser sede de Copa do Mundo 2014. Mas já que somos, temos que aproveitar de alguma maneira o momento e alavancar a economia do país e gerar emprego para muita gente , antes e durante a Copa do Mundo.

Read Full Post »

Video-Game-Collages-video-games

Olha, muitas pessoas pensam muitas bobagens e ficam lamentando a vida dura, então, porque não jogar um bom videogame? Aliviaria muitos males.

Existem vários títulos e gêneros, de estratégia, de ação, de raciocínio, etc… e cada um desses jogos, mexem com nossa inteligência, com nossos reflexos e com nosso humor.

Estamos na Era dos games, a cada ano, são milhares de jogos lançados que nos deixam cada vez mais empolgados. Mas como será quando estivermos mais velhos? Será que jogaremos tanto quanto jogamos hoje?

Em nome dos nerds, digo que sim. E em nome da saúde, também. Uma pesquisa feita na Universidade do Estado da Carolina do Norte, chegou à conclusão de que idosos que jogam são mais felizes com relação aos que jogam pouco ou não jogam – notícia boa, não? Foram três os grupos de idosos analisados: um com alta, outro com baixa, e outro com nenhuma frequência de jogabilidade. Os resultados se mostraram proporcionais: o primeiro grupo teve um alto grau de bem-estar, sendo que o último se mostrou o mais depressivo dos três.

O estudo foi feito com poucas pessoas, mas não é preciso uma escala maior para se saber que os games melhoram – e muito – várias coisas de nossa vida, como a criatividade, espontaneidade, o afeto, a colaboração e aumenta a eficiência do cérebro. Mas também, não podemos ser dominados por eles, é importante também termos uma vida social e não ficarmos enclausurados no quarto o dia inteiro.

Há quem diga que os consoles fazem mal, mas essa é a visão conservadora que olha somente para o mal e não para os benefícios que eles podem trazer: auxiliam na imaginação, ajudam em tratamentos pós-derrame, podem também melhorar a sua capacidade de escolha e o seu nível de atenção, além de reduzir o stress.

Games-of-2013-Wallpaper-by-sakis25

Muitos pensam que os cachorros são os melhores amigos dos homens, mas talvez eles possam estar enganados, pois seus melhores amigos, principalmente quando estiver envelhecendo, talvez sejam os videogames!

Dois estudo, recentemente publicado na “Games for Health Journal”, mostram que os jogos podem ajudar as pessoas com mais idade a terem uma vida bem melhor, preenchendo seu tempo livre e ajudando o cérebro a se manter em forma: “Os idosos muitas vezes abandonam suas atividades ao longo da vida em troca de uma segurança e de um padrão imposto de velhice. Mas os videogames oferecerem uma fuga da rotina. Todos estes benefícios podem melhorar o bem-estar de adultos idosos”.

Além disso, alguns videogames de hoje oferecem a oportunidade de nos exercitarmos apenas jogando, o que é algo extremamente necessário para os mais idosos, fazendo com que tenham uma vida melhor e mesmo lhe dando mais ânimo para se cuidarem.

Então vá treinado e quando ficar mais velho compre um belo videogame para ser seu melhor companheiro na velhice! Curta essa post e espalhe-a para seus amigos!

Read Full Post »

pinoquioPor que o ser humano tem tanta necessidade de mentir? Por que temos tanto fascínio pela mentirinha boba, mas que pode se transformar em um problema realmente grande?

Mentimos até quando estamos passando mal e dizemos que estamos bem, Por que?

Por causa deste mal que assola a humanidade, deixamos de ter uma vida mais saudável. Viver mentindo para ganhar vantagem ou para esconder algo de alguém, é viver sem um rumo certo, é se anular diante dos problemas.

Ninguém esta imune a uma mentirinha, todos mentem… Claro que as vezes muitas pessoas, por não quererem magoar uma pessoa, inventam uma “desculpa” boba, para que o outro se sinta um pouco melhor.

Mas existem mentiras  que podem levar a grandes consequências, como a traição entre amigos ou casais, um grave erro que pode levar uma família a ruína e ser até condenado pela sociedade.

Existem mentirosos profissionais, como diversos políticos, que prometem tudo que os eleitores querem ouvir, mas a grande maioria não cumpre a metade do que discursam.

Porque é tão difícil dizer a verdade? Porque é tão difícil dizer seus verdadeiros sentimos para  o próximo. Muitas pessoas tem dificuldade em dizer que ama alguém, mas mentem com facilidade,  só para sair de casa e se livrar do marido ou esposa por uns momentos de “folga”.

Porque as pessoas não jogam claro uma com as outras? seria tão fácil… Acredito que quem tem esse comportamento, é uma pessoa leve, que encara as pessoas de frente, não tem medo de enfrentar dificuldades que todos temos.

Pessoas que vivem escondidas atrás de uma mentira, não são pessoas felizes, vivem preocupadas de como vão sustentar uma situação, que talvez a anos, escondem da família, do cônjuge ou de amigos.

Eu acredito que deva ser um sentimento muito ruim, você querer ser ou fazer algo que nunca vai conseguir, por se esconder atrás de mentiras.

Por que não começar a exercitar isso? Falar aquilo que te incomoda em alguém, falar para o teu chefe que suas condições de trabalho estão péssimas, falar para o teu marido ou esposa, que não aguenta mais o comportamento dele ou dela? Por que não?

Dizem que a verdade dói, mas será que uma mentira descoberta não é pior?

Mentira tem perna curta!!! Diria a avó de muita gente.

Read Full Post »

Essa é a pergunta que faço exatamente neste dia. Será que as pessoas estão preparadas para amar?

Hoje em dia é muito complicado você dizer que ama alguém. São tantas coisas que nos fazem tirar o foco: ciúmes, baladas, festas, amigos, facebook, etc…

É dificil você aceitar que um sentimento tão descontrolador das emoções, possa fazer parte da tua vida. Ficar a mercê de um sentimento tão grande não é para qualquer um, se não tiver controle, podemos cometer muitas injustiças, especialistas dizem que isso só o tempo é capaz de fazer uma pessoa perceber que o amor é uma coisa belissíma e que deve ser compartilhado com sabedoria e dedicação a pessoa amada.

Eu gosto exatamente de ter tudo a meu controle, trabalho, música, futebol, divertimento, bebidas, etc… tudo sobre controle, a razão sempre fala mais alto, mas quando se trata de emoções como o amor por uma mulher, me faz perder o controle, e isso me deixa um pouco ou muito inseguro, não é fácil controlar um sentimento tão intenso.

A maioria das pessoas fogem desta palavra, se juntam a pessoas que nunca se quer vão gostar na vida, ou seja por dinheiro, ou para sair apenas de casa, vários fatores que não conseguimos entender porque estão ligadas uma às outras.

Amor é uma palavra muito forte, acredito que é preciso ter  muita confiança em si mesmo, porque não é fácil neste mundo onde temos várias opções de relacionamento, você não apelar para o mais fácil, uma amiga mais chegada, uma prostituta, uma aventura na noite, é bem mais fácil encarar do que você se declarar para uma mulher que você ama.

Porque nós homens fugimos disso tanto? Posso estar errado, mas quem sempre sonha com príncipes encantados são as mulheres. Mas quando surge a mulher ideal, a mulher que te faz perder o ar, a mulher que te faz pensar só nela, o sujeito se perde e fica mercê dela.

Nós fomos criados para amar uns aos outros ou somente para nos darmos bem? Fulana tem que casar com sicrano porque ele é bem de vida, por exemplo.

Quem tem a sorte de possuir a pessoa amada, sem traumas, sem brigas, sem mágoas, devem levantar as mãos para o céu.

Hoje posso dizer que tem uns olhos verdes que não saem da minha cabeça, já gostei intensamente desta mulher, mas por várias razões, que não vem ao caso dizer,  nos afastamos. Como ser racional numa situação destas, é difícil… talvez a única e verdadeira solução seja eu deixar me levar pelo coração, só ele vai me dizer o que devo fazer com um sentimento tão grande.

Por isso e outras coisas pergunto:  Você está preparado para o amor?

Read Full Post »

Além de ganhar um torneio importante, o Corinthians conquistou este campeonato de forma invicta. Considerado o segundo mais importante campeonato de clubes do mundo, a Libertadores da América é o desejo de muitos clubes, mas poucos conseguiram chegar lá, Somente 9 clubes foram campeões.

Este ano, talvez foi a decisão mais comentada, a decisão mais esperada, porque o Corinthians, que é uma nação, estava disputando pela primeira vez a final do campeonato, com chances imensas de ser campeão, por ter um time equilibrado, com uma defesa muito segura e ter uma torcida maravilhosa, gigante, com mais de 30 milhões de torcedores.

Final com cobertura impressionante, enfim todos estavam ligados na decisão, isto porque o nosso Corinthians é muito grande e gera milhões de reais, para muita gente.

Tudo isso é muito importante, Tv, Rádio, internet ou sinal de fumaça, mas o que realmente vale a pena, é ganhar um título tão desejado.

Para muitos é uma realização de uma vida inteira, não tem explicação. Esta conquista foi tão grande, que até os adversários, desesperados, torciam como se o Brasil vestisse azul com uma faixa amarela no meio e falasse espanhol.

Queiram ou não, o Corinthians tem um dimensão enorme, poucos times tem a grandeza do Timão. Só observar o que foi a final do Santos o ano passado e a nossa deste ano, só se falava nisso.

Muitos jornalistas dizem que o Corinthians é um time operário, não considero isso verdade, para uma conquista tão grandiosa como foi esta, não pode ter só jogadores operários, precisa ter grandes jogadores, um grande técnico, e também de jogadores que decidam, que não tremam em finais, como Emerson Sheik.

Emerson Sheik é um grande jogador, com 33 anos, se tornou definitivamente, um nome da história do Corinthians, daqui trinta anos, as televisões vão lá procurar o Emerson, já com cabelo branco, para falar da conquista e da mordida que ele deu não mão do argentino.

Corinthians campeão invicto da Libertadores da América, a melhor defesa de todos os tempos, demorou para chegar, mas quando veio, veio com tudo, é simplesmente incontestável a nossa vitória.

Elenco

Goleiros

Cássio, Julio César e Danilo

Laterais Esquerdos

Fábio Santos e Ramon

Laterais direitos

Alessandro e Welder

Zagueiros

Chicão, Leandro Castan, Wallace, Marquinhos e Paulo André

Volantes

Ralf, Paulinho, Edenilson, Ramires e Wllian Arão

Meias

Danilo, Alex e Douglas

Atacantes

Emerson, Jorge Henrique, Liédson, Willian, Romarinho, Elton e Gilsinho

Principais Destaques

Emerson Sheik

Um grande jogador, um craque, jogador decisivo que cresce nas decisões e tem um pé quente incrível, ganhou os últimos 3 campeonatos brasileiros e agora a Libertadores.

Cássio

Goleiro de 1,95cm, com esta altura muito seguro nas bolas altas, mas nem por isso lento, a bola que pegou de Diego Souza do Vasco, foi decisiva para a conquista quarta-feira.

Paulinho

Jogador vibrante, volante que sabe jogar,  fazedor de gols, foi muito importante contra o Vasco fazendo o gol da vitória, talvez o melhor jogador do campeonato.

Danilo

Jogador frio, que joga para o time, também decisivo, decidiu vários jogos com seus gols, como o da semi final contra o Santos no Pacaembu.

Ralf

O melhor 1º volante do Brasil! junto com Paulinho, eles formam a melhor dupla de volantes do Brasil, o Corinthians só foi campeão porque no último do primeiro jogo, fez o gol de empate da partida.

Leandro Castán

Zagueiro seguro e competente, um dos grandes responsáveis pela melhor defesa de todos os tempos da Copa Libertadores.

Romarinho

O que dizer de um jogador que toca a primeira vez na bola, vindo do banco de reservas e faz um gol decisivo para o título mais importante das Américas, este Romarinho, o iluminado!

Tite

O grande comandante desta conquista, técnico que prioriza a defesa, mas que não deixa de atacar, comandante cerebral, que consegue com as palavras ganhar um grupo de jogadores, que naturalmente possum várias personalidades diferentes.

Confira no site da Gazeta Esportiva, a ficha técnica dos 25 jogadores que fizeram parte do elenco campeão, só clicar na foto abaixo:

A Campanha

Fase de Grupos

Deportivo Táchira 1 x 1 Corinthians

Corinthians 2 x 0 Nacional-PAR

Cruz Azul 0 x 0 Corinthians

Corinthians 1 x 0 Cruz Azul

Nacional-PAR 1 x 3 Corinthians

Corinthians 6 x 0 Deportivo Táchira

Oitavas de Final

Emelec 0 x 0 Corinthians

Corinthians 3 x 0 Emelec

Quartas de Final

Vasco  0 x 0 Corinthians

Corinthians 1 x 0 Vasco

Semi Final

Santos 0 x 1 Corinthains

Corinthians 1 x 1 Santos

A GRANDE FINAL

A final foi cercado por vários tabús que deveriam ser quebrados, um deles era o estádio La Bambonera, temido e adorado por alguns brasileiros, na minha opinião de maneira exagerada, porque o que eles fazem por lá, a torcida fiel faz e muito bem.

O Boca Jr vinha para a final com toda a bagagem de Libertadores e com todo o talento de Riquelme, já cansado, mas sempre perigoso.

O Corinthians foi para a final com sua força de conjunto e ótima defesa.

Enfim foi a decisão que muitos esperavam, pois parou o Brasil, comparado a uma decisão de Copa do Mundo.

Jogo de ida em La Bambonera – Argentina

Assista na íntegra o primeiro jogo aqui:

Resultado

BOCA JR 1 X 1 CORINTHIANS

Escalações do primeiro jogo

Boca Juniors: Orión; Roncaglia, Schiavi, Caruzzo, Clemente Rodríguez; Somoza, Ledesma, Erviti e Riquelme; Mouche e Santiago Silva. Técnico: Julio Cesar Falcioni.

Corinthians: Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Alex e Danilo; Emerson e Jorge Henrique. Técnico: Tite.

Gols: Roncaglia aos 27 minutos do segundo tempo e Romarinho aos 40 minutos do segundo tempo.

Jogo de volta – Pacaembu – São Paulo

CORINTHIANS 2 X 0 BOCA JR

Ficha técnica

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 4 de julho de 2012

Horário: 21h50 (horário de Brasília)

Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

Assistentes: Abraham Gonzalez e Humberto Clavijo (ambos da Colômbia)

Corinthians: Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Alex e Danilo; Emerson e Jorge Henrique. Técnico: Tite.

Boca Juniors: Orión; Sosa, Schiavi, Caruzzo, Clemente Rodríguez; Somoza, Ledesma, Erviti e Riquelme; Mouche e Santiago Silva. Técnico: Julio Cesar Falcioni.

Gols: Emerson aos 08 minutos do segundo tempo;  Emerson aos 27 do segundo tempo.

Video completo do jogo decisivo no Pacaembú:

A quatro anos atrás, um amigo meu perguntou para mim, ele não torce para ninguém, como eu poderia torcer para um time rebaixado, eu simplesmente respondi que o Corinthians era uma lição de vida! Então agora está provado que só os fortes de mente e os grandes de coração, podem dar a volta por cima. Se alguma coisa está muito errada e chegou no fundo do poço, você pode com determinação e acreditando sempre em Deus, sair de uma situação difícil e alcançar os  tão sonhados objetivos na vida.

Por isso que continuo dizendo que o “Corinthians é uma lição de vida”.

VAI CORINTHIANS!!!!!

Read Full Post »

Quem já conviveu ou convive com pessoas mau humoradas, é uma experiência muito desgradável e que as vezes podem trazer grandes prejuízos entre os envolvidos em uma relação, sendo namorados, filhos, pais, amigos, colegas de trabalho.

Parece que eu tenho um imã para atrair este tipo de pessoas, amigos, namorada ou paquera, porque devido ao mal humor dela, não conseguimos tornar esta relação realmente duradoura e fortalecida. Talvez porque eu não tenha tanta paciência como deveria ter, ou por nunca saber como ela iria se comportar no próximo segundo, por que era assim, de repente fechava a cara e ninguém ou nada desmanchava  aquela cara. E isso realmente me fez sofrer, pois se fosse uma pessoa que eu não gostasse tanto, ficaria tudo bem depois de tanto tempo.

Passou-se o tempo e não procurei mais ela, mas para minha surpresa esse comportamento dela não era exclusividade minha, algumas pessoas que a conhecem já foram vítimas daquele mau humor  terrível,  sim terrível, porque o que eu já ouvi falarem dela realmente me deixou triste. Será isso uma doença?

Encontrei no site PsiqWeb explicando sobre isso, talvez seja útil para quem já sofreu ou sofre com pessoas mau humoradas:

Mau Humor

São comuns as queixas de pessoas pouco, relativamente ou muito insuportáveis. Filhos que se queixam de pais muito mau-humorados, ou de namorados, esposas, amigos, enfim, conviver com uma pessoa mau-humorada é difícil e desagradável.

Trazer o mau humor para a psiquiatria não é nenhum absurdo, pois, como se vê em critérios de diagnóstico, o mau-humorado destaca-se da maioria (critério estatístico) e produz sofrimento, nele e/ou nos demais (critério valorativo), portanto, perfeitamente possível de uma classificação psiquiátrica.

O caminho é considerar mau humor como um dos sintomas do mal humor, sendo mal com U uma qualidade contrária ao bem humorado e mal com L uma característica de doença, contrária ao humor sadio.

Em grego, Mal Humor (mau assim, com L e não com U) significa Distimia. O filósofo Sêneca tentou desprezar o termo Distimia por crer que o latim não necessitava importar palavras de outra língua e escreveu um belíssimo trabalho intitulado “A Tranqüilidade da Alma”. Mas, a despeito da belíssima descrição do tipo psicológico depressivo e melancólico, Sêneca não conseguiu expressão latina que completasse a idéia de Distimia.

Na psiquiatria o quadro mais relacionado ao Mau Humor é, de fato, a Distimia. Trata-se de um estado depressivo crônico, normalmente atípico e dissimulado através do mau humor, chatice, birra, implicância, desânimo, irritabilidade, de mal com a vida, etc. Esses estados depressivos crônicos, apesar de universalmente reconhecidos, têm seus sintomas e sua classificação ainda muito confusos e algo discordantes entre as várias tendências.

Há autores que classificam a pessoa mau humorada dentro dos distúrbios de personalidade, outros como se tratassem de neuroses, muitos como Distimia (Transtorno Persistente do Humor) e alguns, ainda, como distúrbios psíquicos meramente funcionais. Tudo isso é uma questão de conceitos.

De modo geral, preferimos classificar a maioria das pessoas consideradas mau-humoradas como sendo portadoras de Distimia.

A Distimia é um quadro depressivo crônico, incluído na CID.10 (Classificação Internacional das Doenças) nos Transtornos Persistentes do Humor. Ela se apresenta com sintomas de intensidade leve, se inicia em idade jovem e precoce e traz sofrimento e/ou prejuízos significativos para o paciente e para pessoas de seu convívio normalmente familiar e ocupacional.

Mau Humor e Personalidade

Sendo o mau humor um estado crônico e persistente, estando ele relacionado à afetividade, poderíamos atribuí-lo à algum traço de personalidade. Um traço de personalidade é um atributo estável e persistente da personalidade que acaba se refletindo em seu comportamento e atitude diante da vida, do mundo e da realidade. Os traços da personalidade caracterizam a maneira da pessoa SER e não da pessoa ESTAR.

Na personalidade, o que se considera “temperamento” seria o atributo mais relacionado ao mau humor, logo, à Distimia. O termo “temperamento” diz respeito ao componente genético ou constitucional que define as características dos impulsos e do afeto.

Um outro atributo da personalidade seria o “caráter”, considerado por muitos autores a parte responsável pela capacidade da pessoa formar juízos e críticas sobre as questões éticas ou morais, também igualmente responsável pela vontade (controle da volição).

Se o mau humor pode ser considerado um traço da personalidade e, mais que isso, um traço capaz de fazer sofrer, então ele preenche os critérios de Transtorno da Personalidade. Esses Transtornos de Personalidade são definidos como padrões persistentes de comportamento que se apresentam de maneira inflexível diante de várias situações pessoais ou sociais e devem satisfazer, principalmente, 4 características básicas:

1. início precoce, seja na infância ou na adolescência;

2. persistem ao longo do tempo;

3. se manifestam através de um padrão de comportamento não-normal em variadas situações pessoais e sociais;

4. produzem prejuízo ou sofrimento pessoal e/ou social e/ou ocupacional.

O problema prático mais contundente desses transtornos (do Humor ou da Personalidade) é em relação à possibilidade da pessoa ter ou não uma crítica sobre sua situação existencial de mau-humorado. Além da crítica, é fundamental que a pessoa portadora de qualquer um desses “traços” esteja ou não satisfeita com sua maneira de ser.

Quando a pessoa sofre com sua maneira “mala” de ser, lamenta pelo seu mau humor, e gostaria até de melhorar, dizemos que ela é ego-distônica com sua personalidade ou descontente consigo mesma. Ao contrário, quando mesmo diante do apelo de todos para que mude sua maneira de ser, quando opiniões sobre sua chatice são unânimes e ela própria não se considera mau humorada, chamamos de ego-sincrônica à sua maneira de ser.

Assim como tem sido extremamente raro a pessoa reconhecer ser pessimista (quase todos pessimistas se acham realistas), também os mau-humorados costumam negar sua chatice crônica, buscando justificar no cotidiano e nas circunstâncias as causas para seu azedume. Essas justificativas vão desde uma simples dor de dentes até um pneu furado, mas os clínicos que têm experiência em serviços de emergência sabem que o estado de humor varia de pessoa para pessoa, mesmo quando diante da mesma dor, mesmo quando ambas são acometidas de cólica renal. Existem pessoas que sofrem a dor em sua exata proporção (evidentemente não estão felizes), e aquelas que procuram distribuir seu infortúnio ao ambiente em sua volta.

Por conta da Distimia a pessoa é naturalmente aborrecida, e qualquer evento que não a satisfaça plenamente terá um efeito avassalador sobre seu estado de humor. Como a vida em sociedade e em família implica em reciprocidade de comportamentos, não tardará que as outras pessoas, de fato, motivadas pela chatice e azedume do mau-humorado, adotem comportamentos preventivos e evitativos, agravando ainda mais a vida de relação dos mau-humorados.

De outra forma, se o Mau Humor é conseqüente à um Transtorno Obsessivo-Compulsivo da Personalidade, a incompatibilidade entre a pessoa e o mundo se deve às características de perfeccionismo e inflexibilidade desse tipo de transtorno. Essas pessoas obsessivas se preocupam exageradamente com a observância das normas e das regras (normalmente SUAS normas e regras) e acabam se escravizando com a organização e com os detalhes. Quando a ordem das coisas não ocorre de acordo com sua previsão e desejo, tais pessoas tornam-se muito desagradáveis.

O Que Fazer

A Distimia, assim como outros tipos mais clássicos de depressão, tem tratamento eficaz às custas de antidepressivos e terapia. Quanto à isso, a medicina está bem preparada. Entretanto, a maior dificuldade está em fazer o paciente entender e aceitar que é mau-humorado e, mais que isso, que deve submeter-se a tratamento. E este tratamento não servirá apenas ao próprio paciente, com objetivo de melhorar sua qualidade de vida, mas, sobretudo, às demais pessoas que com ele convivem.

Culturalmente parece ser mais aceito que a pessoa tome insulina continuamente para controle da diabetes, por exemplo, ou que use remédios para hipertensão, óculos ou marcapasso cardíaco, do que tenha que usar antidepressivos para melhora de si e dos demais. Essa parece ser uma barreira cultural quase intransponível para o tratamento de muitos casos de Mau Humor.

Os mesmos antidepressivos são de valor inestimável para atenuação dos rompantes obsessivos-compulsivos. Nesses casos, onde o Mau Humor se deve à personalidade obsessiva, além dos antidepressivos, a psicoterapia tem um peso maior ainda.

Fonte: PsiqWeb – Portal da Psiquiatria

Bom é isso, quem é mau humorado ou conhece alguém que seja, um tratamento pode ser muito eficaz e pode trazer paz para muitos que se relacionam com estas pessoas.

Este video mostra a diferença entre o mau humorado e o bem humorado, muito boa palestra:

Read Full Post »

Older Posts »

Cá Minhando

Só algumas histórias

SporeModding

Modificações, tutoriais, dicas e notícias sobre o universo Spore!

Seleção Brasileira Todos os Jogos

Todos os Jogos da Seleção Brasileira desde 1914

CORINTHIANS - Uma Nação

Histórias e notícias de um grande clube

Matt on Not-WordPress

Stuff and things.

BLOG DO RONALDO

Um espaço para reflexão sobre a vida e a sociedade

blog into mystery

Celebrating the Best and Worst in Comics

colmhogan.wordpress.com/

Music, Culture & Technology.

Cavalcade of Awesome

All Pax. All Nude. All the Time.

backtothemusic

time travelling through iTunes

%d blogueiros gostam disto: