Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \22\UTC 2011

Mais de 120 atrações musicais em 7 dias de muita música, sendo  que em cada dia, são esperados mais de 100 mil pessoas na Cidade do Rock.

O Rock in Rio  é considerado o maior festival de música da atualidade com vários artistas que sinceramente gostaria muito de ver,  Stevie Wonder, Shakira, Rihanna, Paralamas, Titãs, Elton John, Red Hot Chili Peppers, Metallica, Ivete Sangalo, Skank, enfim, vários artistas consagrados.

Estrutura fenomenal que ocupará uma área com mais de 150 mil m².  São 4 palcos, entre eles o Palco Mundo e o Palco Sunset onde se apresentarão as principais atrações do festival.

A Tirolesa,  uma Roda Gigante e lojas temáticas também vão ser algumas entre as várias atrações na Cidade do Rock.

PROGRAMAÇÃO DOS SHOWS

No Palco Mundo se apresentarão os artistas consagrados internacionalmente como Elton John, Stevie Wonder, Evanescence, Rihanna, Katy Perry, Shakira, etc..

No Palco Sunset artistas brasileiros convidam outros artistas nacionais e internacionais e juntos criam Jam sessions, buscando ao pôr do sol encontros inéditos e inesquecíveis.

Na Tenda Eletrônica O som de DJ´s nacionais e internacionais entre os melhores do mundo na tenda mais agitada do festival.

Rock Street será uma uma rua cenográfica, inspirada em Nova Orleans (EUA), onde bandas de street jazz se apresentam em meio a bares e restaurantes.

Programação completa:

Fonte:  site Rock in Rio 2011

SHOWS NA TV

A Multishow irá transmitir a maioria dos shows ao vivo na TV paga e na TV aberta a Rede Globo.

Um pouco da história do Rock in Rio:

A ideia vem do empresário brasileiro Roberto Medina, que realizou no mês de janeiro de 1985 sua primeira edição, em plena transição da ditadura para a democracia: o Rock in Rio convidou o Brasil a comemorar a liberdade.

Em suas nove edições, sendo três no Brasil (1985, 1991 e 2001), quatro em Portugal (2004, 2006, 2008 e 2010) e duas na Espanha (2008 e 2010), o Rock in Rio reuniu mais de 5 milhões de pessoas, que aplaudiram ao vivo 656 bandas. Foram mais de 780 horas de música com transmissão para mais de 1 bilhão de telespectadores em 80 países.

O 1º Festival

O primeiro Rock in Rio aconteceu em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, em uma área de 250mil metros quadrados especialmente construída para receber o evento. Era o começo da democracia no Brasil, que foi celebrada com um grito de união e liberdade ao se abrir pela primeira vez as portas do país (e da América do Sul) às grandes atrações internacionais.

Quem participou dessa grande festa não consegue esquecer a emoção de ver e ouvir “Love of My Life”, na voz de Fred Mercury. Confira alguns desses momentos mágicos navegando pelos vídeos e fotos!

Artistas Internacionais:

AC-DC, All Jarreau, B’52, George Benson, Go Go’s, Iron Maiden, James Taylor, Nina Hagen, Ozzy Osbourne, Queen, Rod Stewart, Scorpions, White Snake e Yes.

Artistas Brasileiros:

Alceu Valença, Barão Vermelho, Blitz, Eduardo Dusek, Elba Ramalho, Erasmo Carlos, Gilberto Gil, Ivan Lins, Kid Abelha, Lulu Santos, Moraes Moreira, Ney Matogrosso, Paralamas do Sucesso, Pepeu Gomes e Rita Lee.

Mais no site oficial do Rock in Rio 2011

Anúncios

Read Full Post »

Quem já conviveu ou convive com pessoas mau humoradas, é uma experiência muito desgradável e que as vezes podem trazer grandes prejuízos entre os envolvidos em uma relação, sendo namorados, filhos, pais, amigos, colegas de trabalho.

Parece que eu tenho um imã para atrair este tipo de pessoas, amigos, namorada ou paquera, porque devido ao mal humor dela, não conseguimos tornar esta relação realmente duradoura e fortalecida. Talvez porque eu não tenha tanta paciência como deveria ter, ou por nunca saber como ela iria se comportar no próximo segundo, por que era assim, de repente fechava a cara e ninguém ou nada desmanchava  aquela cara. E isso realmente me fez sofrer, pois se fosse uma pessoa que eu não gostasse tanto, ficaria tudo bem depois de tanto tempo.

Passou-se o tempo e não procurei mais ela, mas para minha surpresa esse comportamento dela não era exclusividade minha, algumas pessoas que a conhecem já foram vítimas daquele mau humor  terrível,  sim terrível, porque o que eu já ouvi falarem dela realmente me deixou triste. Será isso uma doença?

Encontrei no site PsiqWeb explicando sobre isso, talvez seja útil para quem já sofreu ou sofre com pessoas mau humoradas:

Mau Humor

São comuns as queixas de pessoas pouco, relativamente ou muito insuportáveis. Filhos que se queixam de pais muito mau-humorados, ou de namorados, esposas, amigos, enfim, conviver com uma pessoa mau-humorada é difícil e desagradável.

Trazer o mau humor para a psiquiatria não é nenhum absurdo, pois, como se vê em critérios de diagnóstico, o mau-humorado destaca-se da maioria (critério estatístico) e produz sofrimento, nele e/ou nos demais (critério valorativo), portanto, perfeitamente possível de uma classificação psiquiátrica.

O caminho é considerar mau humor como um dos sintomas do mal humor, sendo mal com U uma qualidade contrária ao bem humorado e mal com L uma característica de doença, contrária ao humor sadio.

Em grego, Mal Humor (mau assim, com L e não com U) significa Distimia. O filósofo Sêneca tentou desprezar o termo Distimia por crer que o latim não necessitava importar palavras de outra língua e escreveu um belíssimo trabalho intitulado “A Tranqüilidade da Alma”. Mas, a despeito da belíssima descrição do tipo psicológico depressivo e melancólico, Sêneca não conseguiu expressão latina que completasse a idéia de Distimia.

Na psiquiatria o quadro mais relacionado ao Mau Humor é, de fato, a Distimia. Trata-se de um estado depressivo crônico, normalmente atípico e dissimulado através do mau humor, chatice, birra, implicância, desânimo, irritabilidade, de mal com a vida, etc. Esses estados depressivos crônicos, apesar de universalmente reconhecidos, têm seus sintomas e sua classificação ainda muito confusos e algo discordantes entre as várias tendências.

Há autores que classificam a pessoa mau humorada dentro dos distúrbios de personalidade, outros como se tratassem de neuroses, muitos como Distimia (Transtorno Persistente do Humor) e alguns, ainda, como distúrbios psíquicos meramente funcionais. Tudo isso é uma questão de conceitos.

De modo geral, preferimos classificar a maioria das pessoas consideradas mau-humoradas como sendo portadoras de Distimia.

A Distimia é um quadro depressivo crônico, incluído na CID.10 (Classificação Internacional das Doenças) nos Transtornos Persistentes do Humor. Ela se apresenta com sintomas de intensidade leve, se inicia em idade jovem e precoce e traz sofrimento e/ou prejuízos significativos para o paciente e para pessoas de seu convívio normalmente familiar e ocupacional.

Mau Humor e Personalidade

Sendo o mau humor um estado crônico e persistente, estando ele relacionado à afetividade, poderíamos atribuí-lo à algum traço de personalidade. Um traço de personalidade é um atributo estável e persistente da personalidade que acaba se refletindo em seu comportamento e atitude diante da vida, do mundo e da realidade. Os traços da personalidade caracterizam a maneira da pessoa SER e não da pessoa ESTAR.

Na personalidade, o que se considera “temperamento” seria o atributo mais relacionado ao mau humor, logo, à Distimia. O termo “temperamento” diz respeito ao componente genético ou constitucional que define as características dos impulsos e do afeto.

Um outro atributo da personalidade seria o “caráter”, considerado por muitos autores a parte responsável pela capacidade da pessoa formar juízos e críticas sobre as questões éticas ou morais, também igualmente responsável pela vontade (controle da volição).

Se o mau humor pode ser considerado um traço da personalidade e, mais que isso, um traço capaz de fazer sofrer, então ele preenche os critérios de Transtorno da Personalidade. Esses Transtornos de Personalidade são definidos como padrões persistentes de comportamento que se apresentam de maneira inflexível diante de várias situações pessoais ou sociais e devem satisfazer, principalmente, 4 características básicas:

1. início precoce, seja na infância ou na adolescência;

2. persistem ao longo do tempo;

3. se manifestam através de um padrão de comportamento não-normal em variadas situações pessoais e sociais;

4. produzem prejuízo ou sofrimento pessoal e/ou social e/ou ocupacional.

O problema prático mais contundente desses transtornos (do Humor ou da Personalidade) é em relação à possibilidade da pessoa ter ou não uma crítica sobre sua situação existencial de mau-humorado. Além da crítica, é fundamental que a pessoa portadora de qualquer um desses “traços” esteja ou não satisfeita com sua maneira de ser.

Quando a pessoa sofre com sua maneira “mala” de ser, lamenta pelo seu mau humor, e gostaria até de melhorar, dizemos que ela é ego-distônica com sua personalidade ou descontente consigo mesma. Ao contrário, quando mesmo diante do apelo de todos para que mude sua maneira de ser, quando opiniões sobre sua chatice são unânimes e ela própria não se considera mau humorada, chamamos de ego-sincrônica à sua maneira de ser.

Assim como tem sido extremamente raro a pessoa reconhecer ser pessimista (quase todos pessimistas se acham realistas), também os mau-humorados costumam negar sua chatice crônica, buscando justificar no cotidiano e nas circunstâncias as causas para seu azedume. Essas justificativas vão desde uma simples dor de dentes até um pneu furado, mas os clínicos que têm experiência em serviços de emergência sabem que o estado de humor varia de pessoa para pessoa, mesmo quando diante da mesma dor, mesmo quando ambas são acometidas de cólica renal. Existem pessoas que sofrem a dor em sua exata proporção (evidentemente não estão felizes), e aquelas que procuram distribuir seu infortúnio ao ambiente em sua volta.

Por conta da Distimia a pessoa é naturalmente aborrecida, e qualquer evento que não a satisfaça plenamente terá um efeito avassalador sobre seu estado de humor. Como a vida em sociedade e em família implica em reciprocidade de comportamentos, não tardará que as outras pessoas, de fato, motivadas pela chatice e azedume do mau-humorado, adotem comportamentos preventivos e evitativos, agravando ainda mais a vida de relação dos mau-humorados.

De outra forma, se o Mau Humor é conseqüente à um Transtorno Obsessivo-Compulsivo da Personalidade, a incompatibilidade entre a pessoa e o mundo se deve às características de perfeccionismo e inflexibilidade desse tipo de transtorno. Essas pessoas obsessivas se preocupam exageradamente com a observância das normas e das regras (normalmente SUAS normas e regras) e acabam se escravizando com a organização e com os detalhes. Quando a ordem das coisas não ocorre de acordo com sua previsão e desejo, tais pessoas tornam-se muito desagradáveis.

O Que Fazer

A Distimia, assim como outros tipos mais clássicos de depressão, tem tratamento eficaz às custas de antidepressivos e terapia. Quanto à isso, a medicina está bem preparada. Entretanto, a maior dificuldade está em fazer o paciente entender e aceitar que é mau-humorado e, mais que isso, que deve submeter-se a tratamento. E este tratamento não servirá apenas ao próprio paciente, com objetivo de melhorar sua qualidade de vida, mas, sobretudo, às demais pessoas que com ele convivem.

Culturalmente parece ser mais aceito que a pessoa tome insulina continuamente para controle da diabetes, por exemplo, ou que use remédios para hipertensão, óculos ou marcapasso cardíaco, do que tenha que usar antidepressivos para melhora de si e dos demais. Essa parece ser uma barreira cultural quase intransponível para o tratamento de muitos casos de Mau Humor.

Os mesmos antidepressivos são de valor inestimável para atenuação dos rompantes obsessivos-compulsivos. Nesses casos, onde o Mau Humor se deve à personalidade obsessiva, além dos antidepressivos, a psicoterapia tem um peso maior ainda.

Fonte: PsiqWeb – Portal da Psiquiatria

Bom é isso, quem é mau humorado ou conhece alguém que seja, um tratamento pode ser muito eficaz e pode trazer paz para muitos que se relacionam com estas pessoas.

Este video mostra a diferença entre o mau humorado e o bem humorado, muito boa palestra:

Read Full Post »

Juarez Barcellos

Educação musical

Cá Minhando

Só algumas histórias

SporeModding

Modificações, tutoriais, dicas e notícias sobre o universo Spore!

CORINTHIANS - Uma Nação

Histórias e notícias de um grande clube

Matt on Not-WordPress

Stuff and things.

BLOG DO RONALDO

Um espaço para reflexão sobre a vida e a sociedade

blog into mystery

Celebrating the Best and Worst in Comics

colmhogan.wordpress.com/

Music, Culture & Technology.

Cavalcade of Awesome

All Pax. All Nude. All the Time.

backtothemusic

time travelling through iTunes

%d blogueiros gostam disto: